30 pessoas furtam artigos em loja do Campera

Trinta pessoas entraram hoje num centro comercial no Carregado, Alenquer, e furtaram artigos desportivos, o que levou a GNR a fechar as saídas do estabelecimento e os acessos à vila, conseguindo identificar parte do grupo, disse fonte oficial da GNR.

Pelas 13:30, “30 pessoas entraram no centro comercial, começaram a furtar artigos de uma marca de desporto e colocaram-se em fuga a pé”, afirmou Edna Almeida, responsável pelas relações-públicas do Comando Territorial de Lisboa da GNR.

Os suspeitos não agrediram nem ameaçaram funcionários ou clientes da loja de desporto.

Os funcionários da loja, continuou, alertaram a GNR, que montou um dispositivo de 30 militares e fechou as saídas do centro comercial e da vila do Carregado.

A força de segurança identificou 23 dos suspeitos ainda no Carregado, através das câmaras de video-vigilância, e deteve outros cinco na estação de comboios de Vila Franca de Xira, também no distrito de Lisboa.

Os detidos “já não traziam qualquer artigo furtado consigo”, adiantou Edna Almeida, acrescentando ainda que um deles foi detido por ter na sua posse uma arma branca.

Na operação, foram envolvidos militares dos destacamentos territoriais de Alenquer, Vila Franca de Xira, da investigação criminal destes dois destacamentos e ainda do Destacamento de Trânsito do Carregado.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS