União Desportiva de Santarém e Benfica Castelo Branco empataram esta tarde a uma bola, no Campo Chã das Padeiras, num jogo muito intenso, mas nem sempre bem jogado, com os golos a serem apontados por Ronaldo, aos 40’, para a turma visitante e Ousmane, aos 69’, a empatar a partida para o U. Santarém.

A saber que só a vitória interessava para anular a vantagem de três pontos que a turma albicastrense trazia para esta partida, o União registou a primeira contrariedade na partida, logo aos quatro minutos de jogo, com a lesão de Fernandinho, obrigado a abandonar o jogo prematuramente, substituído por Amadu Ture.

Nos minutos iniciais da partida o árbitro lisboeta foi bastante complacente no capítulo disciplinar, penalizando sobretudo a equipa da casa, ao permitir à turma visitante algumas entradas à margem da lei que condicionaram e muito a partida.

O primeiro amarelo só surgiu aos 33’ mostrado a Rodrigo que acabaria expulso já no segundo tempo.

Numa primeira parte muito disputada a meio campo, sem grandes ocasiões de golo para ambos os conjuntos, a turma da casa teve a melhor oportunidade para chegar ao golo apenas aos 37 minutos, num remate de fora da área de Rafa, a levar a bola a passar ao lado do poste esquerdo da baliza albicastrense.

Na resposta, três minutos depois (40’), o Castelo Branco chegou ao golo, na sequência de um pontapé de canto com Ken a ganhar de cabeça sobre o seu marcador directo (Rafa) e a deixar para Ronaldo que

a um metro da linha de golo empurrou para o fundo das redes à guarda de Marcelo, inaugurando o marcador no Chã das Padeiras.

Após o intervalo, voltou a turma visitante a ser mais perigosa, com Ronaldo a rematar forte e colocado, de fora da área, para defesa vistosa de Marcelo a evitar o segundo golo albicastrense.

Seguiu-se um período em que pouco ou nada se jogou, com muitas paragens e acções disciplinares que penalizaram o treinador do União, André Luís, expulso do banco por palavras dirigidas à equipa de arbitragem, e para Rodrigo, do Castelo Branco, por acumulação de amarelos.

De regresso ao futebol jogado, aos 63’, Lumungo fugiu na direita a toda a defesa da casa, centrou para remate de primeira de Leandro por cima do travessão.

No lance anterior também Rafa dispôs de boa oportunidade, mas o remate frontal do avançado unionista saiu ao lado do poste direito da baliza do Castelo Branco.

Melhor esteve Ousmane, à passagem do minuto 69, a trazer alguma justiça ao resultado ao empurrar para o fundo das redes de André Caio e a empatar a partida, após a marcação de um pontapé de canto na esquerda do ataque unionista.

Com o União a subir no terreno e a instalar-se no meio campo contrário, à procura do golo da vitória, Juan San Martin teve nos pés uma hipótese flagrante, num remate em posição frontal, mas que saiu ao lado do poste direito da baliza visitante, decorria o minuto 80.

Os últimos minutos do jogo foram muito intensos, com algumas oportunidades para ambos os lados, mas o placard não voltaria a alterar-se mantendo a divisão de pontos até ao apito final do árbitro.

Antes do início da partida foi guardado um minuto de silêncio em memória de João Barroca, antiga glória da União Desportiva de Santarém.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.