A Autoridade Nacional de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou hoje que apreendeu 680 peças de automóveis em fim de vida, num valor aproximado de 40.800 euros, durante uma operação de fiscalização de centros de abate automóvel.

A ASAE adianta, em comunicado, que na operação – realizada nas últimas semanas nos concelhos de Santarém, Setúbal, Cascais, Mafra e Leiria e direccionada à comercialização online de peças usadas, integradas em veículos em fim de vida, para reutilização – foram apreendidos 26 motores de automóveis, 11 caixas de velocidade, 300 quadrantes, airbags e radiadores, entre outros, num total de 40.771,91 euros.

No âmbito da operação da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC) foram ainda abertos processos de contra-ordenação ambiental pela comercialização online e física das peças usadas sem apresentação de comprovativos de proveniência e por não apresentarem o número da licença do operador de desmantelamento.

A ASAE alerta que “é proibida a comercialização deste tipo de peças quando não sejam provenientes de operadores de desmantelamento licenciados e não apresentem informação sobre o número da licença do operador de desmantelamento de proveniência, incluindo vendas em ambiente digital”.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…