A Assembleia Municipal de Santarém aprovou, por unanimidade, na mais recente sessão, uma moção que exige ao Governo a execução da “obra de desvio da Linha do Norte”, bem como a realização de um debate público sobre o tema.

Apresentada pelo Bloco de Esquerda, a moção aprovada afirma que o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, deve ser convidado para participar no debate, que decorrerá num formato adequado ao contexto de pandemia da covid-19.

O texto aprovado sublinha que, “apesar de a obra estar inscrita no Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030, é necessário que o Governo assuma de imediato” a sua realização, “até pela implicação no novo Plano Diretor Municipal em fase final de revisão”, refere um comunicado do BE.

PUBLICIDADE

Numa outra moção, apresentada pelo mesmo partido e igualmente aprovada, é feito um apelo à recuperação das “actividades suspensas” nos hospitais e centros de saúde e à criação de “espaços alternativos para acolher pessoas que estejam em lares sem condições ou lares clandestinos”, sendo de “equacionar a domiciliação de idosos – com apoio domiciliário -, o que implica um plano estatal de contratação de equipas de apoio domiciliário e uma nova valência pública”.

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Jogador do Alverca em estado grave no hospital após paragem cardiorrespiratória

O futebolista brasileiro Alex Apolinário, do Alverca, encontra-se em estado grave e…

Estatuto do Antigo Combatente assegura um “tardio, mas justo reconhecimento”

O parlamento aprovou, no passado dia 23, o Estatuto do Antigo Combatente,…