A requalificação do Itinerário Complementar 2 (IC2), um investimento de 8,4 milhões de euros a realizar entre Alcobaça e Rio Maior, já tem contrato assinado e deverá arrancar no terceiro trimestre deste ano, informou a Infraestruturas de Portugal (IP).

Em comunicado, a IP refere que já foi assinado o contrato para a execução da empreitada de beneficiação de um troço do IC2 com cerca de 20 quilómetros, entre Freires, no concelho de Alcobaça, no distrito de Leiria, e Asseiceira, no concelho de Rio Maior, no distrito de Santarém.

A empreitada envolve um investimento superior a 8,4 milhões de euros “no reforço da segurança e condições de mobilidade dos milhares de automobilistas que diariamente circulam no IC2”, indica a IP na nota.

A obra contempla a requalificação do IC2/EN1 entre o nó da Asseiceira, ao quilómetro 65,2, e a zona urbana de Freires ao quilómetro 85,5, de acordo com a informação disponibilizada pela empresa aquando do lançamento do concurso, em 19 de Outubro do ano passado.

PUBLICIDADE

O investimento será aplicado, segundo a IP, na reabilitação integral do pavimento, no reforço e reabilitação do sistema de sinalização (horizontal e vertical), dos equipamentos de segurança da estrada e do sistema de guiamento e balizagem, bem como na beneficiação global do sistema de drenagem da via.

Serão também reformuladas cinco intercepções de nível, com construção de rotundas aos quilómetros 78,8, 79,6 (em Rio Maior) e aos quilómetros 81,3, 83,3 e 84,6, na freguesia de Benedita (em Alcobaça).

A IP remeteu o contrato para o Tribunal de Contas para obtenção do Visto Prévio, prevendo que, após a sua atribuição, a empreitada possa ser consignada e que os trabalhos se iniciem no terreno, “o que se prevê possa ocorrer no 3.º trimestre deste ano”.

Os atrasos na requalificação da via geraram, nos últimos anos, protestos organizados pelo Movimento Marcha Lenta no IC2 e apoiados pelas autarquias de Alcobaça e Rio Maior.

A IP deliberou, em Outubro de 2015, proceder ao lançamento do procedimento pré-contratual necessário à contratação da empreitada denominada “IC2/EN1–Beneficiação entre Asseiceira (KM 65+200) e Freires (KM 85+500)”, pelo valor de 7,5 milhões de euros, que, na altura, faseou pelos anos de 2016 (1,15 milhões de euros) e 2017 (6,35 milhões de euros).

O lançamento do concurso voltou, depois, a estar previsto até ao final de 2018, com início da empreitada no segundo semestre de 2019.

Em Fevereiro de 2019, a IP anunciou para esse mês o lançamento do concurso público para a empreitada de requalificação do IC2/EN1, o qual voltou a ser adiado até Outubro de 2020, quando finalmente se verificou a publicação.

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…