As memórias de uma desastrosa saída na fase de grupos no Brasil 2014 foram eliminadas quando Portugal garantiu aparições consecutivas na fase a eliminar do Campeonato do Mundo apenas pela segunda vez na sua história (2006, 2010). Apesar da derrota por 2-1 contra a Coreia do Sul no último jogo da fase de grupos, a Seleção das Quinas venceu o Grupo H após triunfar nos seus dois jogos de abertura, o que talvez fosse vital considerando que um segundo lugar teria levado a uma dura missão contra o favorito Brasil nos oitavos de final. Os adeptos de Portugal estão ansiosos pelo próximo jogo e acompanhar os resultados do campeonato do mundo em direto.

Os homens de Fernando Santos devem aprender com os erros do passado, considerando que nas duas últimas vezes que Portugal passou da fase de grupos no Campeonato do Mundo (2010 e 2018), a sua viagem foi imediatamente terminada. Esta equipa pode, no entanto, fazer história, pois só por uma vez, desde 1966, é que Portugal chegou às oito últimas seleções e um bom presságio reside no facto de, nas duas últimas vezes em que venceram o seu grupo num Campeonato do Mundo (1966 e 2006) chegaram às meias-finais!

Depois de terminar em segundo lugar, atrás do Brasil no saldo de golos, num dos grupos mais difíceis deste torneio, a Suíça fará a sua terceira participação consecutiva nos oitavos-de-final com o objetivo de pôr fim a uma série de quatro derrotas consecutivas nesta fase do torneio. O treinador Murat Yakin disse após a sua crucial vitória por 3-2 sobre a Sérvia que o único arrependimento foi não ter marcado “o único golo” de que precisavam para vencer o grupo, antes de acrescentar: “teremos todo o prazer em enfrentar Portugal com a ambição de os preocupar o mais possível”.

Apelidada de “La Nati”, a Suíça mostrou no passado que pode incomodar os portugueses, tendo vencido o seu recente encontro por 1-0 na Liga das Nações da UEFA, em Junho passado, bem como o único jogo anterior disputado numa grande competição – uma vitória por 2-0 na fase de grupos do Euro 2008. Contudo, após duas vitórias na fase de grupos, Yakin e os seus homens terão de bater recordes se quiserem continuar a sua jornada no Mundial 2022, já que os suíços nunca ganharam três jogos numa única campanha na fase final de um Campeonato do Mundo!

Jogadores a observar: No que será provavelmente o seu último Campeonato do Mundo, Cristiano Ronaldo estará ansioso por marcar o seu primeiro golo num jogo a eliminar em Mundiais, após seis tentativas sem sucesso. Contudo, não é o único à procura de um marco pessoal, uma vez que depois de fazer uma 11ª participação recorde para a sua nação numa fase final do Campeonato do Mundo e marcar o primeiro golo do jogo contra a Sérvia, Xherdan Shaqiri empataria Josef Hügi (seis golos) como melhor marcador da Suíça neste torneio com um golo contra Portugal.

Hot stat: Portugal marcou golo em cada um dos seus últimos nove jogos na fase final do Campeonato do Mundo.

Curiosidade do Mundial: A Suíça esteve envolvida no maior marcador da história do Campeonato do Mundo quando perdeu por 7-5 contra a Áustria, na edição de 1954.

Leia também...

Atleta do Santarém Basket Clube morre aos 13 anos de idade

Henrique Francisco, atleta do Santarém Basket Clube, faleceu no passado domingo, 11…

Atleta do Vale de Santarém assina contrato profissional com o SL Benfica

Henrique Sá iniciou o seu percurso desportivo no SL Cartaxo.

Par de Santarém conquista recorde para Portugal no Campeonato do Mundo das 10Danças

O par Francisco Ramos & Leonor Gonçalves conquistou o 13º lugar na…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…