Fotos: Rita Valério
Fotos: Rita Valério

Decorreu no passado domingo, dia 12 de Maio o 152° encontro dos Clássicos da Liberdade que contou com um passeio até ao Entroncamento. No evento participaram cerca de 60 veículos. O mais antigo do ano 1936 e o mais novo de 1991. 

A iniciativa incluiu uma visita ao Museu Nacional Ferroviário, no Entroncamento.

O prémio de Condutor mais clássico foi atribuído a Arlindo Reis, de Aveiras de Cima, com o veículo Citroën Méhari, o Carro que percorreu mais quilómetros foi atribuído a Helder Cruz, de Cascais, com o Renault 16 TL e o Carro mais antigo ao veículo American Bantam de Jorge Santos, de Óbidos.

Duarte Gomes e Francisco Figueiredo, membros da organização, afirmam que o evento superou as expectativas e que o feedback por parte dos participantes foi excelente. 

O encontro dos Clássicos da Liberdade decorre, no Jardim da Liberdade em Santarém, no segundo domingo de cada mês.  Podem participar veículos com produção iniciada em 1989 ou anterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

O amargo Verão dos nossos amigos de quatro patas

Com a chegada do Verão, os corações humanos aquecem com a promessa…