No âmbito das celebrações do centenário de nascimento de José Saramago, decorreu, no dia 2 de Setembro, a colocação dos primeiros azulejos de nomes de personagens saramaguianas, “António” e “Benedita”, da obra “Terra do Pecado”, que acompanham duas das “Cem Oliveiras para José Saramago”, plantadas em homenagem ao escritor e à sua infância passada na Azinhaga.

Na cerimónia organizada pela Fundação José Saramago, esteve presente o Executivo Municipal em permanência, o presidente da Junta de Freguesia, entre diversos populares que assistiram ao descerramento dos primeiros azulejos.

“Cem Oliveiras para José Saramago” é um projecto da Fundação José Saramago e da família do escritor, com o apoio da Câmara Municipal da Golegã e Junta de Freguesia de Azinhaga, onde a Rua Victor Manuel da Guia, em Azinhaga, contará, até Novembro, com cem oliveiras plantadas em homenagem ao Nobel Português, sendo que cada uma das árvores receberá o nome de uma personagem saramaguiana.

Apresentado à Câmara Municipal da Golegã e à Junta de Freguesia de Azinhaga, em 2019, o projecto foi apadrinhado por um agricultor da região, Manuel Coimbra, que prontamente ofereceu as cem oliveiras.

O projecto culminará no dia 16 de Novembro deste ano, data em que José Saramago faria 100 anos, com a plantação da centésima oliveira, a árvore, também esta centenária, receberá o nome da sua avó materna, Josefa.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…