O centro de vacinação de Santarém vai voltar a funcionar na Casa do Campino a partido do próximo dia 8 de Dezembro, disse hoje à Lusa o coordenador do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Lezíria.

Carlos Ferreira afirmou que, dado o aumento exponencial da procura da vacina contra a covid-19, que nas duas últimas semanas passou de 75 por cento para 150 por cento, o Centro de Vacinação de Santarém vai deixar de funcionar no antigo refeitório da ex-Escola Prática de Cavalaria, para onde foi transferido no Verão, regressando à Casa do Campino.

Realçando que, com o aumento da procura, as actuais instalações não oferecem as condições exigidas para atendimento e espera, o responsável pelo ACES Lezíria disse ter sido acordado com a Câmara de Santarém que, findo o Festival Nacional de Gastronomia, que decorreu até domingo na Casa do Campino, este espaço vai ser reactivado para a vacinação.

Assim, a partir de dia 8 de Dezembro, as vacinas contra o vírus SARS-Cov-2 vão passar a ser ministradas na Casa do Campino no horário das 09h00 às 17h00, sete dias por semana, continuando a dar resposta às marcações feitas a nível central, às realizadas localmente e à modalidade Casa Aberta, disse.

Carlos Ferreira afirmou que, desde o início da vacinação contra a covid-19, foram ministradas, nos nove concelhos abrangidos pelo ACES Lezíria – Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém –, um total de 325.637 vacinas, 25.340 das quais correspondem a terceiras doses. Só no concelho de Santarém foram ministradas 99.688 vacinas, 7.684 das quais terceiras doses, adiantou.

O coordenador do ACES Lezíria disse que há duas semanas o Centro de Vacinação de Santarém registava uma taxa de ocupação de cerca de 75 por cento em relação à capacidade instalada, procura que subiu para os 150 por cento.

Carlos Ferreira afirmou não haver registo de surtos na região, mas salientou o “grande crescimento” de infecções na comunidade, com o número de casos a quase duplicar em duas semanas, dos 352 registados a 13 de Novembro para os 611 do último domingo.

Em comunicado, o Hospital Distrital de Santarém (HDS) anunciou o arranque, hoje, do reforço com a terceira dose da vacina contra a covid-19 para os seus profissionais, num processo que prevê concluir nas próximas duas semanas.

“A selecção dos profissionais é feita segundo as orientações das autoridades de saúde, sendo o processo de administração da vacina organizado pelo Conselho de Administração e o Serviço de Segurança e Saúde no Trabalho do HDS”, afirma a nota.

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 5.197.718 mortos e mais de 260.817.750 infectados em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China no final de 2019, segundo o balanço diário da agência France-Press.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…