Cerca de 50 pessoas reúnem-se para exigir alterações no Orçamento do Estado para 2020

Cerca de 50 pessoas reuniram-se na quarta-feira, 15 de Janeiro, numa Tribuna Pública promovida pelo MURPI – Movimento Unitário de Reformados, Pensionistas e Idosos, em conjunto com a Inter-Reformados/CGTP-IN, junto à Loja do Cidadão, em Santarém.

O objectivo deste encontro prendeu-se com a divulgação e demonstração de força do Caderno Reivindicativo do MURPI, que contém medidas concretas em defesa dos direitos dos reformados, pensionistas e idosos que se exige que sejam contempladas no Orçamento de Estado 2020.

Entre as propostas do movimento está o aumento mínimo de todas as Pensões em 10 euros a partir de Janeiro de 2020; a saúde para todos com o Serviço Nacional de Saúde; a abolição das taxas moderadoras nos serviços de saúde; o direito a envelhecer em habitação condigna e a redução da taxa do IVA no gás e electricidade para 6% e redução do preço do gás de botija, entre outras.

PUBLICIDADE

Esta Tribuna Pública em Santarém inseriu-se numa iniciativa nacional do MURPI, em colaboração com a Inter-reformados CGTP-IN, que contou com a realização de Tribunas Públicas em 12 cidades do País.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS