Continente vende 1,4 milhões de garrafas de Vinhos do Tejo

O Continente de Santarém encerrou mais um Mercado Regional de Vinhos e os responsáveis da insígnia aproveitaram a ocasião para revelar que, em 2018, foram vendidas cerca de 1,4 milhões de garrafas de vinho da região do Tejo. De notar ainda que o Continente comercializa mais de 70 referências de vinhos provenientes de 20 produtores da região.

Segundo uma nota enviada, o grupo afirma que os números apresentados demonstram que “os portugueses apreciam cada vez mais os vinhos da região, e deixaram muito satisfeitos os produtores que marcaram presença no Mercado Regional”, organizado pelo Continente na loja de Santarém, nomeadamente a Quinta da Alorna, a Fiúza, a Quinta do Falcão, e a Adega do Cartaxo.

Com esta iniciativa, os quatro produtores presentes tiveram a oportunidade de dar a conhecer os seus produtos, através de provas e do esclarecimento de dúvidas. Por sua vez, os clientes que visitaram a loja Continente de Santarém durante o fim-de-semana puderam apreciar os sabores e aromas de mais de duas dezenas de vinhos da região, saber mais sobre os seus produtores e conhecer a melhor forma de os degustar, refere a mesma nota.

O Mercado de Vinhos realizado na loja de Santarém foi inaugurado na presença da vereadora da Câmara Municipal de Santarém, Cristina Casanova Martins, do Presidente do Núcleo NERSANT de Santarém, Luís Filipe Borgas Conceição e do Presidente da CVR do Tejo, Luís de Castro.

Depois de Seia, Fundão, Cantanhede, Madeira, Ponte da Barca, Lagos, Torres Vedras, Palmela, Cartaxo e Peso da Régua, Estremoz, Beja, Viseu e Loures, o Mercado dos Vinhos do Continente passou agora por Santarém. A iniciativa, que visa divulgar os vinhos regionais e, sobretudo, os produtores de cada região vitivinícola, já promoveu a presença de 61 produtores nos quinze mercados já decorridos. Esta é mais uma prova da dedicação constante do Continente para fomentar e divulgar a produção nacional.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS