Os animais de estimação passam por um período de adaptação. E para que tudo corra o melhor possível, há sete simples passos que podem ajudar os patudos a lidarem melhor com esta altura do ano, diminuindo os níveis de stress tanto para eles como para o ambiente familiar.

“Se para a maioria dos gatos regressar à rotina é muito agradável, por vezes para os cães pode ser mais complicado. Os gatos tendem a rapidamente a expressar os comportamentos habituais: depressa se apoderam da casa, pedem comida e acordam o dono bem cedo. Para os cães, se há alguns que se adaptam muito bem a mudanças, há outros que ficam muito baralhados e tristes”, alerta Joana Gomes, médica veterinária ZU.

De acordo com a especialista, “durante as férias, os cães que tiveram a sorte de acompanhar os donos, desfrutaram da sua companhia e brincadeiras durante todo o dia. Adaptar-se a uma casa vazia pode fazê-los sentirem-se solitários e ansiosos. Para estes é necessário estabelecer disciplina, consistência nos horários e uma dose de paciência redobrada. Deve adotar uma linguagem clara, alimentação regular, exercício físico e/ou mental e períodos de descanso”, explica.

Joana Gomes chama ainda a atenção para a existência, tanto para cães como para gatos, de “sinais de ansiedade por separação que podem surgir”, pelo que importa “gerir e travar este comportamento, ajudando a sentirem-se calmos e relaxados quando a família estiver ausente de casa”. A veterinária não tem dúvidas de que “se necessário, suplementos nutricionais ou feromonas podem ajudá-los”.

A médica veterinária Joana Gomes aconselha os sete passos práticos para o regresso à rotina dos patudos:

Grooming: depois de muitos mergulhos e brincadeiras ao ar livre, um bom banho é a chave da higiene e da hidratação do pelo e da pele. Mas é também o mais aconselhado para o regresso a casa e… aos sofás!

Tosquia: ponderar em função dos nós apresentados. Se o pelo estiver danificado pelo sol ou pela água salgada, permite também uma limpeza da pele mais eficaz.

Desparasitação externa: em princípio foi um cuidado que teve em conta antes de viajar ou de encaminhar para um hotel, mas garanta que não vem nenhum passageiro a mais!

Desparasitação interna: garanta que as iguarias comidas, não tinham parasitas escondidos.

Check-up veterinário com maior detalhe nas patinhas: com passeios mais longos ou pavimentos diferentes dos habituais que podem causar lesões nas almofadinhas. Nos casos em que desconfie que o seu animal está ansioso por ter voltado às rotinas habituais converse com o médico veterinário para construírem uma solução para o seu amigo de quatro patas.

Com as agressões do verão causadas pelo sol e a água salgada, pode ser importante fazer um reforço à alimentação do seu patudo com suplementos para a pele e pelo. Aconselhe-se com o seu médico veterinário para saber a melhor opção.

Caso a caminha tenha ido de férias, deve ser lavada e exposta ao sol. Se tal não for possível, deve ser utilizada uma solução desinfetante, para eliminar bactérias ou outros agentes que possam ter vindo à boleia.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…