Dois camionistas detidos por manipulação de tacógrafo em Rio Maior

Dois camionistas, de 37 e 51 anos de idade, foram detidos pela Unidade Nacional de Trânsito (UNT) da GNR, no dia 24 de Agosto, por manipulação de tacógrafos (falsificação de notação técnica), na EN 114, em Rio Maior.

Segundo um comunicado da GNR, os militares da Guarda detectaram os ilícitos “no momento da abordagem dos veículos, onde se depararam com os tacógrafos a registarem tempo de descanso durante a condução dos veículos”.

Ainda segundo a mesma fonte, os militares também apuraram que os condutores faziam uso de um dispositivo electrónico instalado no aparelho tacógrafo que, com um comando remoto, accionava o dispositivo que fazia com que o aparelho de controlo de tacógrafo gerasse, sem qualquer outra intervenção posterior, uma notação técnica de conteúdo falso, pois a mesma atestava que os veículos se encontravam em descanso (parados). Desta forma, criavam a possibilidade de qualquer condutor poder conduzir mais horas do que as permitidas por lei.

PUBLICIDADE

“Estas acções por parte dos arguidos, levam a uma condução contínua, o que contraria a prática de uma condução defensiva, atentando gravemente contra a segurança rodoviária, sendo o cansaço, em concreto a sonolência, uma das causas associadas a acidentes de viação”, refere o comunicado da GNR.

Os veículos foram apreendidos para posterior peritagem e os arguidos notificados para comparecerem no Tribunal Judicial da Comarca de Santarém durante esta terça-feira, 25 de Agosto.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS