O ensaio “Santarém: Perspetivas. Do início do Paço Real à instalação da Sé de Santarém – sua relação com o sistema defensivo da vila”, da autoria de Mário de Sousa Cardoso, foi apresentado este domingo, ao final da tarde, no Museu Diocesano de Santarém.

A sessão contou com a presença de D. José Traquina, Bispo de Santarém; Nuno Domingos, vereador da Cultura da Câmara Municipal; do padre José Ganhão e de Paulo Almeida Fernandes, historiador da arte, a quem coube a apresentação da obra.

Mário de Sousa Cardoso é um estudioso de Santarém e das suas Muralhas, assim como um profundo conhecedor dos vestígios remanescentes das diversas estruturas defensivas da Vila e de edifícios históricos entretanto desaparecidos.

Este autor foi desafiado a reconstruir a memória do espaço do Paço Real, sobre o qual se edificou o Colégio Jesuíta de Santarém e que, hoje, acolhe a estrutura Diocesana que integra: Catedral, Casa Episcopal, Museu Diocesano e Centro Diocesano de Pastoral, complexo que se afirma pela monumentalidade e beleza na praça principal da cidade.

Um texto ricamente ilustrado com diversas propostas de traçados das muralhas, assim como vistas e plantas antigas de Santarém, fotografia antiga e contemporânea, permitem, em conjunto, vislumbrar a ocupação deste espaço em diversos momentos da sua história, da história de Santarém e de Portugal.

A obra, que começou a ser pensada em 2016, mas só agora foi possível concretizar, aborda as muralhas de Santarém, a fortificação da Vila, os selos autárquicos de Santarém, a planta do Castelo da Vila, as Siglas, a Porta das Figueiras, o “Nascimento” do Paço, as diligências desenvolvidas pela Companhia de Jesus, a doação do Paço Real, a instalação do Colégio da Companhia em Santarém, plantas do Colégio da Companhia, a Planta Velha e a Planta de 1653, a Planta de Santarém dos finais do Século XVIII, o pátio dos estudos e do Liceu, o estabelecimento do Liceu, o projeto para adaptação do edifício sul e a criação da Diocese de Santarém.

O livro estará à venda na loja física do Museu Diocesano de Santarém e também pode ser encomendado através do email geral@museudiocesanodesantarem.pt ou telefone 243304065.

(Ler notícia desenvolvida na próxima edição impressa do Correio do Ribatejo).

Leia também...

A herdade no Alviela e o pergaminho que ia para o lixo

Pergaminho do século XII salvo do lixo em Vale de Figueira.

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Sete doces regionais do distrito de Santarém nos nomeados às 7 Maravilhas Doces de Portugal

Os Arrepiados e os Celestes de Santarém, o Bolo de Cabeça e…

Associação ‘Praça Maior’ fecha gestão da Praça de Touros ‘Celestino Graça’ com sentido de missão cumprida

A Associação “Praça Maior”, responsável pela organização das corridas de toiros na…