O festival de música erudita ZêzereArts regressa este mês ao seu formato habitual, fundindo pedagogia, música e património, com cursos para músicos e oferta de concertos, recitais e espectáculos de ópera em “lugares emblemáticos” de quatro concelhos.

Decorrendo em espaços como o Convento de Cristo, em Tomar, o Mosteiro da Batalha, a vila histórica de Dornes, em Ferreira do Zêzere, ou, pela primeira vez, o Castelo de Ourém, o ZêzereArts arranca quinta-feira, em Tomar, com o início do Curso Profissional de Direcção Coral, Canto Lírico e Coral, estando o primeiro recital de canto lírico agendado para dia 19, às 21:00, no Centro Cultural de Ferreira do Zêzere.

O festival, que tem marcado a agenda cultural de Verão na região há 12 anos, regressa nesta edição ao formato habitual depois dos condicionamentos sofridos em 2020 e 2021, devido à pandemia da covid-19, refere um comunicado de divulgação do evento.

Criado em 2011 pelo maestro irlandês Brian MacKay, em Ferreira do Zêzere (distrito de Santarém), o festival, desde o início focado na formação de estudantes de música, jovens músicos e amadores, foi alargando a sua área de intervenção, chegando este ano pela primeira vez ao concelho de Ourém.

Todos os espectáculos e apresentações são de entrada gratuita e resultam “da forte aposta na formação de músicos com professores altamente qualificados nacionais e internacionais”, salienta a organização.

O Convento de Cristo vai receber “dois grandes concertos”, o primeiro, no dia 22, às 22:00, “Nordic Sun”, programa coral do Maestro Kaspars Putninš, e o segundo, de coro com orquestra, no dia 23, às 19:00, no Claustro D. João III, “Te Deum Laudamus”, o célebre hino litúrgico de Charpentier, um dos concertos integrados na Temporada Portugal França 2022, fruto da parceria da produtora Musicamera, acrescenta.

Ainda em Tomar (distrito de Santarém), no dia 20, o Ensemble Pulcinella junta-se ao Coro ZAVE (ZêzereArts Vocal Ensemble), para um concerto na Igreja de Nossa Senhora da Graça, em que será executada música portuguesa, a “Missa em Sol Maior”, de Carlos Seixas, estando marcados para o Cineteatro Paraíso os concertos “Violoncelo no Coro”, a 27 de julho, e um recital de cordas, no dia seguinte.

As Capelas Imperfeitas do Museu da Batalha (distrito de Leiria) recebem, no dia 28, dezenas de violinistas, violetistas, violoncelistas e contrabaixistas, para a apresentação final do Curso de Cordas.

A Ferreira do Zêzere o festival leva, além do recital de canto lírico, no Centro Cultural (dia 19), o espectáculo “Coro dos Maestros”, no dia 21, “na notável povoação de Dornes, numa das mais belas igrejas portuguesas, a Igreja de Nossa Senhora do Pranto”.

Na sua estreia no festival, Ourém vai acolher, no dia 24, no Teatro Municipal, a apresentação do novo projecto Estágio Orquestra Jovem, para jovens músicos (dos 9 aos 18 anos), sobretudo locais, sob direcção de João Paulo Fernandes.

No dia 29, o “belíssimo castelo” de Ourém receberá o Ensemble de Violoncelos e um Sexteto com os professores do ZêzereArts, acrescenta.

No âmbito da formação, o Curso Profissional de Direção Coral, Canto Lírico e Coral, este ano, além de Brian MacKay, conta com Geert Berghs e Kaspars Putniņš como professores convidados, decorrendo os Cursos de Cordas de 23 a 31 de julho, com os músicos Eliot Lawson, Luís Pacheco Cunha, Catherine Strynckx e Adriano Aguiar, e o maestro Stephen Bryant.

Tomar vai acolher, a partir de sábado, aulas individuais de canto e uma residência artística da Musicamera, produtora de música erudita que assumiu a gestão do festival e que é parceira da Temporada Portugal França, evento que, até outubro, celebra a cultura dos dois países, afirma a nota.

Neste âmbito, o festival contará com a presença do Ensemble Pulcinella, um agrupamento barroco dirigido por Ophélie Gaillard, que irá orientar uma Academia Barroca, a qual culminará com uma atuação que juntará alunos e elementos de “um dos ensembles de cordas mais relevantes da atualidade”.

O Concerto de Gala com a Orquestra do ZêzereArts vai realizar-se no dia 30 de Julho, às 21:00, na Igreja Matriz de Areias, no concelho de Ferreira do Zêzere, estando o concerto final marcado para o dia seguinte, às 19:00, no Claustro D. João III, no Convento de Cristo, em Tomar.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.