GNR alerta para burlas de falsos funcionários

O Comando da Guarda Nacional Republicana de Santarém lançou recentemente um alerta à população na sequência do crescente número de burlas por falsos funcionários de organismos do estado, bancos, correios, EDP ou profissionais relacionados com saúde ou com a segurança.

Numa nota publicada, a GNR esclarece que este tipo de burlas é feita através de “contacto pessoal, em que os suspeitos tentam ganhar a confiança das vítimas, normalmente idosos, mostrando-se preocupados com estas, fazendo-se passar por funcionários de instituições”.

A Guarda alerta que conseguida a aproximação, os burlões apresentam “vários tipos de histórias que levam as vítimas a acreditar nas mesmas”. A GNR deu como exemplos: notas vão acabar ou sair de circulação; descontos na medicação; aumento de reformas; doenças e “mau-olhado” prometendo cura através da bênção de ouro e outros bens e encomendas de familiares para levantar;

PUBLICIDADE

A GNR esclarece que este tipo de abordagens e histórias são “uma forma de os burlões ganharem a confiança das vítimas levando-as a entregar bens, dinheiro, entre outros”.

Perante estas situações, a Guarda aconselha a população a não deixar entrar nas habitações pessoas suspeitas ou desconhecidas, sem ter a certeza de quem são e ter sempre à mão ou gravados no telefone/telemóvel os contactos de alguém de confiança e principalmente os da força policial da zona de residência.

A GNR pede ainda ajuda para passar a mensagem aos pais, avós, vizinhos, entre outros.



PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS