GNR encerra rave ilegal e efectua sete detenções em Rio Maior

A Guarda Nacional Republicana deteve sete homens e encerrou uma festa de música eletrónica na madrugada do dia 30 de Maio, que decorria ilegalmente numa herdade em São João da Ribeira, concelho de Rio Maior.

Segundo o Comando Territorial da GNR de Santarém, tudo começou numa Operação Especial de Prevenção Criminal, que começou por uma fiscalização de trânsito na cidade de Rio Maior, onde foram detidos dois homens por condução sob efeito do álcool.

Após uma denúncia anónima, os militares deslocaram-se a uma herdade, em São João da Ribeira, tendo detetado uma festa de música eletrónica que decorria ilegalmente no interior de uma tenda, dissimulada na vegetação, com a participação de cerca de 40 pessoas, sem qualquer tipo de licenciamento, contrariando as normas impostas pelo estado de calamidade e sem adopção das normas e medidas difundidas pela DGS.

PUBLICIDADE

O evento, que estava anunciado nas redes sociais e com entradas pagas, foi de imediato encerrado e detidos cinco homens, com idades entre os 18 e os 35 anos, pelo crime de tráfico de estupefacientes. A GNR elaborou dez autos de ocorrência por consumo, sendo que os factos foram comunicados à Comissão para a Dissuasão da Toxicodependência.

As autoridades apreenderam também 78 doses de Haxixe, 58 doses de MDMA e 19 doses de Cocaína.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Rio Maior.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS