A Guarda Nacional Republicana deteve em flagrante um homem de 67 anos pelo crime de violência doméstica, no passado dia 19 de Janeiro, no concelho de Benavente.

Em comunicado, o Comando Territorial de Santarém refere que recebeu uma “denúncia de violência doméstica num estabelecimento comercial”, acrescentando que os militares se deslocaram ao local e na sua presença o suspeito dirigiu “à vítima, sua ex-mulher de 41 anos, várias ameaças contra a integridade física, incluindo ameaças de morte, pelo que foi de imediato detido”.

A GNR adianta que apurou que o agressor tem perseguido a vítima, provocando um clima de medo e inquietação, desde o divórcio.

O suspeito já tinha sido detido pela GNR de Samora Correia, pelo crime de violência doméstica, em Julho de 2020, no seguimento de uma agressão na via pública à mesma vítima, à data esposa do agressor, tendo sido condenado a dois anos e 11 meses de pena de prisão suspensa, tendo sido ainda sujeito a proibição de contactos com a vítima e afastamento da sua residência e local de trabalho.

O detido ficou nas instalações da Guarda até ser presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Benavente, no dia 21 de Janeiro, tendo sido aplicada a medida de coacção de pulseira electrónica e obrigatoriedade de permanência na residência.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…