O Hospital Distrital de Santarém (HDS) dispõe de um aparelho de electroestimulação que tem permitido avanços na terapia das disfunções do pavimento pélvico, em particular a incontinência urinária, que têm uma prevalência elevada na população.

Em comunicado, o HDS afirma que, após um ano de utilização, “é agora possível observar as diversas vantagens” do equipamento para o tratamento das disfunções do pavimento pélvico, sobretudo da incontinência urinária e fecal e das disfunções sexuais.

Citando a directora do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação, Sara Räder, e a fisioterapeuta Ana Sofia Fernandes, o HDS afirma que o equipamento de electroestimulação e biofeedback (estímulo visual projectado num monitor) “ajuda o doente a perceber que músculo deve contrair e a fazê-lo da forma mais correcta e adequada”, capacitando-o também para fazer o exercício sozinho e em casa.

PUBLICIDADE

Segundo Ana Sofia Fernandes, o equipamento permite trabalhar os dois tipos de fibras que existem no pavimento pélvico em termos de electroestimulação e de contracção muscular, sendo um tipo de tratamento mais rápido, ao reforçar a força muscular dos doentes e efectuar um plano de tratamento individualizado.

PUBLICIDADE
Leia também...

Só Coruche e Sardoal escapam ao recolher obrigatório às 13h00 no fim-de-semana

Os concelhos de Coruche e Sardoal são os únicos, no Distrito de…

Hospital de Santarém no limite da capacidade de internamento de doentes covid

O Hospital Distrital de Santarém atingiu o limite da sua capacidade prevista…

Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria

O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para…

Tratamento do cancro da mama no HDS novamente reconhecido a nível internacional

A Unidade de Senologia do Hospital Distrital de Santarém (HDS) viu renovada…