A Comissão Concelhia de Santarém do Partido Comunista Português inaugurou a exposição e apresentou o livro “100 anos de Luta ao Serviço do Povo e da Pátria”, no passado sábado, 17 de Julho, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, na cidade de Santarém.

A apresentação pública do livro, integrada no programa das comemorações do Centenário do PCP, esteve a cargo de Maria João e Valter Cabral do PCP de Santarém e também contou com a intervenção de Leonel Silva, do sector intelectual de Lisboa.
O livro, com a chancela da Editorial ‘Avante!’, é para o partido “um importante documento de registo de alguns momentos e acontecimentos marcantes da vida do PCP e da sua história e onde também se assinalam traços específicos de caracterização das múltiplas dimensões da sua intensa intervenção”.

A obra, constituída por 15 capítulos cronológicos, 21 capítulos temáticos e um capítulo final de síntese – intitulado ‘O futuro tem Partido’, destaca os principais acontecimentos da luta popular e da história do PCP ao longo de 100 anos. Apesar de não reunir todos os momentos do partido ao longo destes 100 anos, neste livro é apresentada uma selecção de documentos e momentos que, embora não resultando de um levantamento definitivo, representam um valioso e significativo contributo para o conhecimento desse período da nossa história nacional.

O livro é acompanhado por um alargado conjunto de imagens (cerca de 50 por cento da obra), algumas das quais inéditas e/ou de grande formato e o texto procura, ao longo dos 37 capítulos, descrever, relacionar e analisar momentos, documentos e acontecimentos da vida do PCP de modo a contribuir para o conhecimento, compreensão e divulgação de elementos significativos da sua formação, organização e intervenção ao longo de 100 anos ao serviço do povo e da pátria, pela democracia e o socialismo.

PUBLICIDADE

Na abordagem, quer cronológica quer temática, foi adoptado pelos autores os critérios que presidiram à elaboração da obra editada aquando do 60.º aniversário do PCP, incluindo uma síntese do texto referente ao período de 1921 a 1981.

Valter Cabral, do PCP de Santarém, revela que tanto a exposição, como o livro, foram apresentados na Sala de Leitura Bernardo Santareno pelo significado e importância histórica que o dramaturgo teve também no partido e por todo o “desenvolvimento do trabalho, obra e a luta de Bernardo Santareno, assim como a presença no livro”.

“É um livro dos 100 anos de história do PCP, são 100 anos de luta pela democracia, do quadro do socialismo. 100 anos que retratam não só o significado de várias fases do que foi a história de luta do partido. Seja no combate ao fascismo, seja no quadro da revolução. Temos a presença histórica ligada ao povo e aos trabalhadores. Temos o combate, a influência, a discussão e a integração como hoje ainda temos e projectamos para o futuro, ligado as necessidades do povo”, destaca o dirigente.

Valter refere ainda que é um livro que coloca também coloca “uma perspectiva de futuro olhando para a actividade concreta, pelas questões do trabalho, da precariedade, da exploração”.

“Queremos dar o melhor contributo possível para que sejamos felizes. Felizes com direitos, com condições para termos tempo para viver, direito ao trabalho, direito à vida”, remata.

A exposição dedicada aos 100 anos de vida do Partido Comunista Português vai estar patente até 31 de Julho, entre as 9h00 as 15h00, onde todos podem conhecer através de vários painéis ilustrativos a historia do PCP e do povo.

PUBLICIDADE
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…