Mostra de Lampreia de 1 a 31 de Março em Tomar

A Mostra da Lampreia cumpre este ano a sua 20ª edição em Tomar com um ajuste no calendário, decorrendo integralmente em Março, de 1 a 31.

Treze restaurantes e outras tantas pastelarias apresentam a arte de bem confeccionar o ciclóstomo que há séculos é uma iguaria no concelho templário, graças ao rio Nabão onde ainda hoje chega para a desova, na sua longa viagem anual. Tomar é destino obrigatório nesta peregrinação gastronómica, até porque alia ao savoir faire tradicional a capacidade de inovar criando partos novos e surpreendentes que podem ser degustados aos fins-de-semana, no Dia de Tomar (1 de Março) e na terça-feira de Carnaval.

Participam os restaurantes Almourol (em Tancos), Azul Terrace (Calçadas), Bela Vista, Convento do Leitão (Casal dos Aromas), Ginginha, Infante, A Lúria (Portela de S. Pedro), Manjar dos Templários (cruzamento para Castelo do Bode), Marisqueira de Tomar, Nabão, Ninho do Falcão (Quinta do Falcão), O Picadeiro (Alvito) e Tasquinha da Mitas. As pastelarias são Estrelas de Tomar, os três estabelecimentos da Padaria Rosa, A Rosa – Café dos Artistas, os dois estabelecimentos Pic-Nic, a Pimpinela, e os cinco estabelecimentos Tropical.

Entre os pratos disponíveis, que abarcam todos os momentos da refeição, contam-se entradas de lampreia de escabeche, patés de lampreia com pão de alho, com algas ou em cama de cogumelos; sopas de peixes do rio e de lampreia. Nos pratos principais, além dos típicos bordalesa e arroz de lampreia, há molhata ou feijoada de lampreia. Nos doces, há lampreias de ovos simples e com misto de fruta.

Nas pastelarias é possível adoçar a boca com lampreia de ovos, beijinhos de lampreia e ainda bolos de cama, canudos com recheio de fios de ovos e castanhas doces.

A Mostra da Lampreia é um dos momentos do ciclo gastronómico anual, no concelho de Tomar, que continua precisamente com a mostra de doçaria De Tomar e dos Conventos em Abril.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS