Um mural de 3 por 7 metros assinala, numa das paredes do quartel dos Bombeiros Voluntários de Santarém, a passagem dos 150 anos da corporação. A obra de arte urbana foi elaborada com a técnica de ponto cruz pelo bombeiro voluntário Bruno Madeira, oficial da Marinha profissionalmente, e artesão.

Em 1871, nascia a Real Associação dos Bombeiros Voluntários de Santarém, tendo mais tarde, passado a chamar-se Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém (AHBVS).

Senhora de um historial invejável, fruto do trabalho de todos os que por ela têm passado, ostenta orgulhosamente a denominação de ser, a 2ª Associação Humanitária detentora de um Corpo de Bombeiros, mais antiga do país.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém, foi fundada em 29 de Outubro de 1871 e considerada Pessoa de Utilidade Pública por Decreto-Lei publicado em 21 de Novembro de 1932.

PUBLICIDADE

Ao longo da sua vida esta Associação foi distinguida, entre outras, com o Grau Oficial da Ordem Militar de Cristo, a Medalha de Ouro da Cidade de Santarém e Crachá de ouro da Liga dos Bombeiros Portugueses

Bruno Madeira, autor do mural.

Esta Associação viveu os seus primeiros anos de vida em vários locais do Centro Histórico da cidade de Santarém, tendo em 1914 adquirido 903 m2 do terreno pertença do antigo Palácio da Mitra, mediante uma indemnização anual de 12$00, para ali construir um edifício destinado à sua sede, conforme consta do Decreto nº 818, publicado no Diário do Governo de 2 de Setembro, do referido ano.

Em 1931, fazendo-se sentir a necessidade de aumentar a área até então ocupada com o edifício sede a Associação solicitou que lhe fosse cedido mais espaço, o que veio a acontecer através da publicação do Decreto nº 20 078 no Diário do Governo de 17 de Julho de 1931.

Depois de vários anos naquele local do Centro Histórico da cidade de Santarém, esta secular Associação encontrou, em finais dos anos 90, o local para a construção do seu novo Quartel.

Para que tal fim fosse atingido, muito contribui a boa vontade do Grupo SONAE e a Câmara Municipal de Santarém. O Grupo SONAE pela oferta do terreno, a Câmara Municipal de Santarém pela possibilidade que deu à Associação em obter tal doação.

Assim, o sonho tornou-se realidade e, no dia 24 de Novembro de 2007, foi possível inaugurar as novas instalações, dotando o Corpo de Bombeiros com as condições para que possa continuar a honrar a divisa de todos os Bombeiros Portugueses: “Vida por Vida”.

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…