O escritor tomarense Nuno Garcia Lopes recebeu ontem, dia 2 de Outubro, na Biblioteca Municipal de Campo Maior, o Prémio Literário Hugo Santos, numa cerimónia que serviu também para o lançamento da obra vencedora “Uma casa de papel onde morar”, editada pela Filigrana Editora.

É o oitavo livro de poesia do autor, metade dos quais (os mais recentes) foram premiados. Numa edição de grande qualidade gráfica, o poeta questiona, logo a partir da epígrafe de Ruy Belo, “o problema da habitação”, seja ela os “casinhotos onde os pássaros se abrigam”, ou o lugar onde nos escondemos “do olhar de deus que impassível te trespassa” ou as casas que “movem-se serenas pelos pés dos moradores”.

Perante uma casa cheia, a obra foi apresentada por Rui Cardoso Martins, escritor e guionista, na qualidade de presidente do júri, que contou também com Amelia Vadillo e Paulo Costa.

A cerimónia serviu igualmente para homenagear o patrono do prémio, Hugo Santos, natural de Campo Maior, mas que viveu grande parte da sua vida em Torres Novas, onde foi professor, pelo que a vereadora torrejana Elvira Sequeira também esteve presente. Perante vários familiares do escritor, entre os quais a filha, Ana Tavares Rodrigues, o presidente da Câmara, Luís Rosinha, enalteceu também a figura desse nome relevante da cultura campomaiorense.

José Camoesas e Leonor Alegria leram poemas dos dois autores, cujos percursos se cruzaram várias vezes por causa dos livros, razão para Nuno Garcia Lopes ter afirmado que “este prémio é especial pelas ligações afectivas que teve desde o início e que se foram ampliando à medida que o processo de publicação se foi desenvolvendo”.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.