Obras emblemáticas de Roque Gameiro em Minde até 31 de Dezembro

O Museu de Aguarela Roque Gameiro, em Minde, Alcanena, acolhe, até 31 de Dezembro, a exposição “Roque Gameiro – a arte de pintar a vida: obras emblemáticas”, afirma em comunicado a Câmara de Alcanena.

A exposição está inserida na programação do Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro, que tem agendado para dia 06 de Outubro, no jardim do museu, um concerto pelos Charales Chorus, comemorativo do Dia Internacional da Música.

A programação do museu inclui ainda, no dia 07 de Outubro, a actividade dedicada a crianças “Laço Verde” e, no dia 13, um ‘workshop’ de Terracota, orientado por Antonieta Roque Gameiro, no Atelier de Desenho e Pintura, espaço que inicia a sua actividade lectiva (aulas semanais) no dia 17.

A criação de um museu dedicado à obra de Alfredo Roque Gameiro surgiu por iniciativa de familiares e conterrâneos admiradores da obra do grande Mestre da aguarela portuguesa.

Abriu pela primeira vez ao público em Novembro de 1970 e ficou instalado provisoriamente numa parte da moradia que tinha servido de residência aos seus pais. Para o efeito, foi adaptada pelo arquitecto Martins Barata, mantendo-se esta solução provisória até 1980.

Dos esforços conjuntos do Município de Alcanena e do Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro foi possível a aquisição da “Casa dos Açores” por parte da Câmara Municipal, em 2001, para aí ser instalado o Museu de Aguarela Roque Gameiro, inaugurado a 29 de Julho de 2009, pelo Presidente da Assembleia da República, Dr. Jaime Gama.

 

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS