Por ocasião do II Encontro da Lusofonia, realizado a 18 e 19 de Janeiro, na ilha de Santo Antão, em Cabo Verde, o presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Rui Anastácio, em representação do Conselho de Administração da ADIRN – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte, liderou a comitiva de 20 autarcas e técnicos de várias associações para o desenvolvimento do Centro e Norte de Portugal.

A comitiva foi recebida pela Ministra de Estado e da Coesão Territorial de Cabo Verde, pelo Ministro das Comunidades e pelos três Presidentes de Câmara da Ilha de Santo Antão.

Foi entregue à Comitiva a Chave da Casa da Lusofonia e assinado o Protocolo de Cedência de um imóvel Histórico da Cidade da Ponta do Sol, no Município da Ribeira Grande.

A Casa da Lusofonia será uma incubadora de ideias e de projectos de cooperação e desenvolvimento em diversas áreas.

Após esta visita, entrar-se-á num modelo de grande responsabilidade partilhada, numa nova abordagem de cooperação focada em três vectores fundamentais: partilha do saber e das boas práticas; partilha da promoção internacional de produtos e de destinos (Santo Antão vs Aire e Candeeiros) e cooperação empresarial “win-win” (situação que beneficia todos os envolvidos), numa lógica de forte diplomacia económica.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…