Prisão preventiva para suspeito de matar ex-companheira em Muge

O homem suspeito de ter baleado mortalmente a ex-companheira em Muge, no concelho de Salvaterra de Magos, no passado domingo, 18 de Outubro, ficou em prisão preventiva.

Num comunicado divulgado pela Procuradoria da Comarca de Santarém, o MP afirma que o homem, com 41 anos, residente no Lavradio, no concelho do Barreiro, é suspeito da prática de um crime de homicídio qualificado sobre a mulher com que residiu até há cerca de três meses.

A medida de coacção mais gravosa, prisão preventiva, foi aplicada ao arguido depois do primeiro interrogatório judicial, realizado na terça-feira no Juízo de Instrução Criminal da Comarca de Santarém.

PUBLICIDADE

Segundo o comunicado do MP, a vítima, de 29 anos, vivia com uma filha de 5 anos, nascida de uma outra relação, também na zona do Barreiro.

“Na tentativa de reatar a relação interrompida, a convite do arguido, este, a vítima e a criança viajaram da zona do Barreiro até Muge, alojando-se numa residência daquela localidade, pertencente ao pai do arguido, a pretexto de aí passarem o fim de semana”, relata a nota.

Ao perceber que a ex-companheira não pretendia retomar a relação, o homem disparou sobre a vítima quatro tiros, com uma pistola modificada para calibre 6,35 milímetros, “tendo dois deles atingido a mulher na zona da nuca, o que lhe provocou morte imediata”.

“A criança encontrava-se no local do crime”, tendo sido entregue pelo arguido aos cuidados de familiares, na zona do Barreiro.

“Invocados os perigos de fuga e de alteração e perturbação da ordem e tranquilidade públicas, o Ministério Público promoveu a aplicação da prisão preventiva, como medida de coacção adequada e que foi decretada judicialmente”, acrescenta.

Segundo o MP, não existem na Comarca de Santarém “anteriores participações por desentendimentos entre arguido e vítima, mormente em contexto de violência doméstica”.

O inquérito decorre na 1.ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Santarém, cabendo à Polícia Judiciária as diligências de investigação.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS