Um projecto criado pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira identificou 143 pessoas com mais de 55 anos a viver em situação de isolamento e disponibiliza um serviço de teleassistência para os ajudar a combater a solidão.

O projecto “Pontes” teve início em Novembro de 2020, e visa “sinalizar, georreferenciar e priorizar” as necessidades das pessoas que vivem sozinhas, explicou a vereadora com o pelouro da Habitação e Coesão Social na Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Helena de Jesus.

“A georreferenciação de idosos é uma ideia que já tinha surgido no meu programa eleitoral porque nós achávamos que era uma carência que existia no concelho”, justificou a autarca, eleita pela Coligação Mais (PSD/MPT/PPM).

PUBLICIDADE

Helena de Jesus explicou que este trabalho está a ser articulado com várias entidades, nomeadamente instituições de solidariedade social, forças de segurança, comércio e juntas de freguesia do concelho.

“Imaginemos que um idoso vai diariamente a uma determinada padaria, a uma determinada hora, e há um dia que não aparece. Essa padaria sabe que tem um número para onde deve ligar e os nossos técnicos imediatamente contactam com esse idoso para perceber se algo se passou”, exemplificou.

A identificação dessas necessidades permite o encaminhamento dos casos para as entidades competentes.

“O programa ‘Pontes’ não dá um apoio alimentar, nem entrega medicamentos, mas faz a tal ponte com as entidades que o fazem. Imagine que um idoso diz que não consegue sair para ir ao supermercado ou à farmácia por algum motivo. Imediatamente os nossos técnicos contactam a instituição que poderá ajudar esse idoso”, esclareceu.

Helena de Jesus referiu que, além deste processo de sinalização e encaminhamento das necessidades, o programa dispõe de uma linha telefónica de apoio (800 210 118 e 800 210 119), para a qual os idosos podem ligar para expor alguma dúvida ou apenas para desabafar.

“A pessoa liga e diz que se sente sozinha, que não tem ninguém ou que tem medo de ficar infectada. Ficamos com essa referência e as nossas técnicas diariamente ou de x em x de tempo vão ligando para essa pessoa, e vão monitorizando e acompanhando como essa pessoa está”, explicou.

Existe também um serviço de teleassistência que faz uma ligação directa à Cruz Vermelha Portuguesa, a qualquer hora de qualquer dia, através do accionamento de um botão pelo utente. Actualmente, esta valência está a acompanhar 51 pessoas em todo o concelho.

Helena de Jesus sublinhou que “todas as formas de intervenção social adquiriram ainda maior relevância no actual contexto pandémico”, e que o objetivo da autarquia é “reforçar a capacidade de resposta” e chegar um maior número de pessoas que vivem “em situação de vulnerabilidade”.

Relativamente aos idosos em risco de isolamento estão actualmente referenciados 143, têm em média 77 anos e a maioria reside na União de Freguesias da Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa (44).

A segunda união de freguesias do concelho onde residem mais idosos em situação de isolamento é Alhandra, São João dos Montes e Calhandriz (28), seguindo-se Vialonga (21), Vila Franca de Xira (19), Alverca do Ribatejo e Sobralinho (19), e Castanheira do Ribatejo e Cachoeiras (12).

O projecto “Pontes” representa um investimento municipal de 206 mil euros.

Para a ajudar georreferenciar idosos está disponível o telefone 969 800 055 ou o email projeto.ativamente@cm-vfxira.pt.

O executivo de Vila Franca de Xira é composto por quatro eleitos do PS (incluindo o presidente), um independente (com pelouro atribuído), quatro eleitos da CDU, um da Coligação Mais (PSD/CDS/PPM/MPT), também com pelouro atribuído, e um do BE.

PUBLICIDADE
Leia também...

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…

Condutor não respeita ordem de paragem e foge durante 25 km à GNR

Um homem de 31 anos foi detido e aguarda julgamento em prisão…