Pulseira electrónica para homem que agredia e ameaçava de morte a mulher e o filho deficiente

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR deteve no dia 21 de Maio, um homem de 29 anos de idade, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Torres Novas.

Em comunicado, o Comando Territorial de Santarém refere que os militares apuraram que o suspeito infligia violência física e psicológica sobre a sua companheira de 46 anos e o filho desta, de 14 anos e com défice cognitivo.

A GNR adianta que o suspeito ameaçava, constantemente, as vítimas de morte, tendo no final do mês de Abril do corrente ano sido apreendida uma soqueira, considerada uma arma proibida, pelo Posto Territorial de Torres Novas, com a qual ameaçava as vítimas.

PUBLICIDADE

A GNR acabou por dar cumprimento a um mandado de detenção devido ao perigo de continuidade das acções do suspeito.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Santarém, ficando sujeito à medida de coação de proibição de contacto com a vítima, monitorizada através de pulseira electrónica.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS