Quatro incêndios nos distritos de Santarém, Guarda, Bragança e Aveiro eram às 08:00 os que mais preocupavam os bombeiros, mobilizando 1.370 operacionais, prevendo-se para as próximas horas a presença de meios aéreos no combate.

“Neste momento são quatro os incêndios que temos de maior cuidado e nos quais estão empenhados 418 meios terrestres e um total de 1.370 operacionais só nestes quatro incêndios. Temos o de Ourém no distrito de Santarém, em Benespera (Guarda), Carrazeda Ansiães, em Bragança e Sever do Vouga, em Aveiro”, disse à Lusa o oficial de operações José Miranda, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Às 08:00, o incêndio que deflagrou às 16:37 de quinta-feira, em Cumeada, concelho de Ourém distrito de Santarém, mobilizava 496 operacionais, com o apoio de 151 meios.

De acordo com José Miranda, o incêndio com mais tempo de ativação é o de Sever do Vouga com 19 horas e 05 minutos, o da Guarda e de Carrazeda de Ansiães com 17 horas e 15 minutos e o de Ourém com 14 horas e 50 minutos.

“De todos eles não temos danos a registar durante a noite, nem estradas cortadas. Tivemos apenas dois bombeiros feridos ligeiros no incêndio de Ourém e ardeu um barracão anexo a uma habitação. Não há feridos civis a registar, nem populações em risco neste momento”, contou, cerca das 07:30.

De acordo com José Miranda, o reforço de meios terrestres no combate aos fogos durante a noite evitou situações de maior perigo.

“Foram colocados meios na defesa das populações e não foi preciso fazer evacuações de aldeias, só mesmo proteção. Agora de manhã o combate a estes quatro incêndios vai ser reforçado com meios aéreos para fazer um ataque mais musculado na intervenção”, disse.

Questionado sobre o número de incêndios que estavam ativos às 07:30 em Portugal continental, José Miranda disse que os mais importantes são aqueles quatro fogos, estando outros dois no Porto e em Castelo Branco a ser acompanhados.

O fogo que deflagrou em Fragua, no concelho de Sever do Vouga, no distrito de Aveiro, às 12:18 de quinta-feira, mobilizava 378 operacionais, com o apoio de 118 veículos.

Segundo a ANEPC, o incêndio que começou às 14:11 em Benespera, no distrito da Guarda, estava a ser combatido às 08:00 por 268 operacionais, com o auxílio de 81 veículos.

O incêndio que deflagrou às 14,54 de quinta-feira, em Marzagão, no concelho de Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança, estava a ser combatido por 161 operacionais, com o apoio de 55 veículos.

Mais de 70 concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Leiria, Coimbra, Viseu, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Vila Real, Bragança e Faro apresentam hoje um perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

Nos próximos dias, Portugal continental irá enfrentar uma situação de tempo quente persistente, que deverá dar origem a uma onda de calor em muitas áreas do território.

Face às previsões meteorológicas, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil colocou seis distritos de Portugal continental em alerta laranja, o segundo mais elevado, a partir de hoje devido ao risco elevado de incêndio florestal.

Segundo a ANEPC, Viseu, Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco e Santarém são os seis distritos em alerta laranja, enquanto os restantes 12 vão estar em alerta amarelo, o terceiro mais elevado.

Na quinta-feira, o Ministério da Administração Interna (MAI) decretou a situação de alerta devido ao “significativo aumento do risco de incêndio rural”. O alerta começou às 00:00 de hoje e vai vigorar até 15 de julho.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.