Santarém recebe investigadores do projecto ‘Resiliência nos Territórios’

 

Uma Comitiva Internacional constituída por 25 investigadores/as, provenientes do Canadá, China, Japão, Bangladesh, Índia, Paquistão, Irão, Brasil, México, Itália, Estados Unidos da América e Portugal, realizaram na manhã de sábado, dia 17 de Novembro, uma visita técnica guiada a Santarém, no âmbito das Resilient Tours, integrada na 8ª Conferência Internacional sobre Resiliência nos Territórios, que se realizou em Lisboa, de 14 a 16 de Novembro. A comitiva foi recebida no Salão Nobre dos Paços do Concelho por Inês Barroso, Vice-Presidente da Câmara de Santarém, por Maria João Cardoso, Chefe de Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade da Câmara de Santarém e por José Guilherme, Comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém.

Após uma breve visita pelo Centro Histórico, nomeadamente, ao Mercado Municipal, à Igreja Santa Maria de Marvila e à Igreja de Santa Maria da Graça, acompanhada por Vera Cruz, Técnica Profissional de Turismo da Câmara de Santarém, os investigadores tiveram oportunidade de ver e analisar a paisagem da Lezíria, no Jardim Portas do Sol e na Aldeia de Caneiras (construção palafita).

Esta visita, coordenada por Pedro Santos, investigador do Centro de Estudos Geográficos e doutorado da Universidade de Lisboa, Coimbra e Aveiro e pelo IGOT – Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, tem como objectivos, a tomada de conhecimento do efeito das inundações do Tejo no território de Santarém, devidamente expostos por José Guilherme, Comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém, e o conhecimento dos elementos de resiliência, designadamente as medidas actuais de Adaptação às Alterações Climáticas que foram tomadas ao longo do tempo, infra-estruturas verdes (marachas do tejo), infra-estruturas cinzentas (diques do Rebentão e dique das Ómnias) e medidas não estruturais (políticas públicas ambientais implementadas ao nível local, exemplarmente a Lei da água 58/2005 de 29 -12-2005 com o projecto ambiental Reabilitar Troço a Troço – RTT, na componente de demonstração de boas práticas na gestão sustentável de recursos hídricos envolvendo os cidadãos em geral e os proprietários dos terrenos, em particular, bem como a ENEA – Estratégia Nacional de Educação Ambiental para o período 2017-2020, com o projecto no âmbito da sustentabilidade “rota de percursos Ambientais de Santarém”, intitulado TEJOALIVE, devidamente explanados por Maria João Cardoso, Chefe de Equipa Multidisciplinar de Acção para a Sustentabilidade da Câmara de Santarém.

info

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS