A taberna “Ó Balcão”, em Santarém, conquistou a distinção ‘Bib Gourmand’ do Guia Michelin, pela segunda vez consecutiva, na cerimónia de apresentação do Guia Michelin Espanha e Portugal 2021, realizada ontem, dia 14 de Dezembro, que foi transmitida de forma virtual a partir de Madrid.

O chefe Rodrigo Castelo, proprietário do estabelecimento, destacou o orgulho de voltar a ser agraciado com este reconhecimento.

“Num ano de grande esforço e sacrifício, é com muito orgulho que voltamos a ver o nosso Balcão ser reconhecido com um Bib Gourmand pelo Guia Michelin! Um grande agradecimento à nossa equipa, sem a qual tal distinção não seria possível!”, destaca o chefe escalabitano.

PUBLICIDADE

A Michelin, responsável pela distinção, destaca a Taberna ‘Ó balcão’ como um estabelecimento “pequeno e informal, tipo taberna, que, porém, resulta acolhedor, pois soube recriar um espaço no qual a quotidianidade (peças de cerâmica, pratos decorativos, uma grande lousa… ) e a modernidade se equilibram harmoniosamente”.

“A proposta do chef Rodrigo Castelo, autodidacta, sincero e obcecado por conhecer o produto desde a origem para assim melhor o entender, centra-se numa ampla carta de base regional com pratos elaborados que anseiam sempre divertir o comensal, provocando-lhe sensações e dando-lhe a conhecer sabores. Detalhes de autor com carácter local!”, assinala a publicação.

No total, o Guia Michelin Espanha e Portugal 2021 contempla 11 restaurantes com três estrelas (inalterados em relação a 2020), 38 com duas estrelas (três novos) e 203 com uma estrela (21 novos). Há três novas distinções na categoria de duas estrelas (‘cozinha excepcional, merece o desvio’) e 21 na de uma estrela (‘cozinha de grande nível, compensa parar’), além de 53 novos ‘Bib Gourmand’ e 105 novos estabelecimentos na categoria de ‘prato’.

Na edição do próximo ano, Portugal conta com dois novos restaurantes na categoria de uma estrela – os lisboetas ‘100 Maneiras’ (Ljubomir Stanisic) e ‘Eneko Lisboa’ (Eneko Atxa e Lucas Bernardes) -, tendo perdido a estrela do ‘São Gabriel’ (Almancil), que anunciou o encerramento no final de 2019.

Portugal passa a contar, assim, com um total de sete restaurantes com duas estrelas (‘cozinha excepcional, merece o desvio’) e 21 com uma estrela (‘cozinha de grande nível, compensa parar’), mais um do que na edição de 2020.

Noutra categoria ‘Bib Gourmand’ (uma óptima relação qualidade/preço), há cinco novidades em Portugal: ‘Avista’ (Funchal), ‘CHECK-In Faro’ (Faro), ‘O Javali’ (Bragança), ‘O Frade’ (Lisboa) e ‘Semea by Euskalduna’ (Porto).

Os inspectores avaliam os restaurantes consoante vários critérios, nomeadamente a qualidade dos produtos, a criatividade e apresentação, o domínio do ponto de cozedura e dos sabores, a relação qualidade/preço e a regularidade da cozinha para decidir a qualificação dos restaurantes.

Editado em 30 países, o Guia Michelin distingue aqueles que os seus inspectores consideram como os melhores restaurantes e hotéis, afirmando-se como “uma montra da cozinha mundial”, que “revela o dinamismo culinário de um país, bem como as novas tendências e os futuros talentos”.

O Guia Michelin “cria valor para os restaurantes, atribuindo-lhes prémios todos os anos, contribuindo assim para o prestígio da gastronomia local e para o atractivo turístico dos territórios”, afirma a empresa, num comunicado divulgado ontem à noite.

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Jogador do Alverca em estado grave no hospital após paragem cardiorrespiratória

O futebolista brasileiro Alex Apolinário, do Alverca, encontra-se em estado grave e…

Empresário de Santarém é o mandatário nacional da candidatura de André Ventura às presidenciais

Rui Paulo Sousa, o empresário de Santarém de 53 anos, vai ser…