Luís Garrido, de 39 anos, morreu na manhã desta segunda feira, 11 de Abril, na sequência de um acidente de trabalho nas oficinas da Resitejo, no Eco-Parque do Relvão, no concelho da Chamusca.

Segundo apurou o Correio do Ribatejo, o mecânico estaria a proceder a uma reparação de uma viatura pesada, quando o sistema pneumático da viatura rebentou e lhe provocou lesões graves que se revelariam mais tarde fatais.

À chegada dos meios de socorro a vítima encontrava-se em paragem cardiorrespiratória e apesar das manobras realizadas no local, o óbito acabou por ser confirmado no local.

O alerta para o incidente foi dado pelas 8h50, tendo estado no local oito operacionais dos Bombeiros Voluntários da Chamusca, VMER do hospital de Santarém e SIV de Torres Novas, apoiados por três viaturas.

A GNR tomou conta da ocorrência e a Autoridade para as Condições do Trabalho deslocou-se ao local para averiguar as causas do acidente.

A vítima mortal era residente na Chamusca.

Devido ao acidente, a empresa decidiu suspender os seus serviços durante o dia de hoje.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…