A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) realizou, no dia 28 de Agosto, uma iniciativa de promoção à casta branca Fernão Pires do Tejo. A Quinta da Lapa, em Manique do Intendente, concelho de Azambuja, foi o local escolhido pela CVR para um dia inteiro a descobrir a casta mais expressiva do Tejo.

O dia começou no campo, onde os participantes tiveram oportunidade de participar na vindima das uvas de Fernão Pires do Tejo. Segui-se uma prova didáctica conduzida pelo sommelier Rodolfo Tristão, consultor da CVR Tejo, que deu a conhecer a monocasta de Fernão Pires nas suas diferentes vinificações: desde o espumante, vinho branco, colheita tardia e até ao abafado.

João Silvestre, director-geral da CVR Tejo, destacou a importância que a casta Fernão Pires tem na região, representado mais de 30 por cento da vinha instalada no Tejo.

PUBLICIDADE

O dia terminou com a visita a nova adega da Quinta da Lapa, um investimento que segundo Sílvia Costa, administradora da Agrovia, serve para melhorar as condições de trabalho e promover um aumento de produção da empresa.

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Estatuto do Antigo Combatente assegura um “tardio, mas justo reconhecimento”

O parlamento aprovou, no passado dia 23, o Estatuto do Antigo Combatente,…

Empresário de Santarém é o mandatário nacional da candidatura de André Ventura às presidenciais

Rui Paulo Sousa, o empresário de Santarém de 53 anos, vai ser…