VÍDEO | EPVT quer garantir selo de certificação de qualidade internacional

A Escola Profissional do Vale do Tejo (EPVT) reuniu o seu Conselho Consultivo, no passado dia 19 de Junho, com o objectivo de recolher sugestões e recomendações dos empresários e autarcas da região.

A reunião foi presidida por Salomé Rafael, presidente do Conselho de Administração da EPVT, que destacou o contributo dos convidados que com a sua opinião promovem a melhoria contínua da instituição.

“Nós trabalhamos todos os dados dos inquéritos que fazemos, quer aos alunos, quer aos empregadores, quer às instituições e aos pais, e todos são monitorizados”, começa por explicar Salomé Rafael.

PUBLICIDADE

Os contributos fazem parte de um processo que vai permitir à escola garantir um selo de certificação internacional.

“Contamos no próximo mês de Julho conseguir o selo de certificação de qualidade. Para fazer mais e melhor importa sairmos das paredes da escola e receber aqui ou fora dela a opinião dos empregadores e das empresas da região”, refere a dirigente.

“Estamos naturalmente satisfeitos com esta reunião. Não tivemos críticas negativas, obviamente que poderiam ter acontecido, mas o grau de conclusão das nossas turmas e dos nossos alunos é muito bom. Não temos praticamente desistências, existe um grau de satisfação muito bom dos empresários, dos pais dos alunos e dos alunos. É para eles que trabalhamos para conseguir e é gratificante depois ver os resultados. É de facto importante trazer os empresários à escola”, conclui a responsável.

O objectivo destes encontros é o de afirmar, cada vez mais, a EPVT como uma escola profissional de referência, formando quadros técnicos altamente qualificados, preparados para integrar e adaptar-se ao mercado de trabalho, contribuindo para a melhoria e competitividade das empresas da região. 

O encontro deste ano teve participações de empresários e empregadores presencialmente mas também através da internet, devido à pandemia que o País e o Mundo atravessam.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS