Vitória Clube de Santarém estabelece parceria na Guiné-Bissau

Depois de recentemente ter firmado um protocolo com o Group Scolaire Michel Vako, da Costa do Marfim, o Vitória Clube de Santarém voltou a estabelecer um protocolo com a Associação Desportiva Infanto-Juvenil da Guiné-Bissau (ADIJ-GB), sendo esta mais uma marca da expansão do clube escalabitano.

Segundo um comunicado do Vitória de Santarém, a abordagem inicial “surgiu por parte da jovem associação africana, criada há cerca de cinco anos com o objectivo de contribuir para o desenvolvimento de actividades desportivas no país”. A ADIJ-GB tem colocado diversos futebolistas nos principais emblemas de Portugal e agora identificou o Vitória Clube de Santarém como o “parceiro ideal para encetar uma aposta na expansão do futsal num território onde a modalidade se encontra ainda num estado embrionário”.

António Pardelhas (presidente da Direcção do Vitória), Carla Paulino (vice-presidente), Sérgio Fernandes (Director da Entidade Formadora) e Renato Bento (coordenador técnico) foram os anfitriões de Cambraima Cassamá, representante da ADIJ-GB, que esteve na sede do clube, em Santarém, para definir os contornos desta cooperação, num intercâmbio que contemplará, já a breve prazo, um estágio de 15 dias para oito técnicos guineenses, além de uma formação a ser providenciada, no futuro, por treinadores vitorianos na Guiné-Bissau, a doação de material desportivo e a participação de uma equipa da academia na próxima edição do Vitória Futsal Cup Masters, o maior torneio de futsal de formação em Portugal, que terá lugar em Junho de 2020.

Para o director Sérgio Fernandes “é indescritível o orgulho de acolher relatos dando conta de que as actividades e iniciativas dinamizadas pelo Vitória Clube de Santarém são acompanhadas, mimetizadas e tomadas como referência num ponto tão distante do Globo!”, numa reacção ao facto de Cambraima Cassamá confidenciar que, sempre que são divulgados novos conteúdos nas redes sociais do clube escalabitano, a ADIJ-GB procura seguir o mesmo exemplo.

Já o emblemático presidente António Pardelhas endereçou “um agradecimento especial à ADIJ-GB pelo carinho e a confiança demonstrada e pela honrosa oportunidade e responsabilidade confiada ao emblema vitoriano de dar o seu contributo para a implementação da modalidade futsal na Guiné-Bissau”.

Ainda segundo a direcção, mais novidades estarão para vir relacionadas com esta nação africana.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS