1.200 alunos do Concelho de Santarém fazem rastreio de daltonismo e acuidade visual

Perto de 1.200 alunos dos 3.º e 4.º anos do concelho de Santarém vão fazer um rastreio de daltonismo e acuidade visual, tendo o município adquirido 1.100 ‘kits’ de ColorADD para garantir a inclusão de alunos com daltonismo.

Em comunicado, a Câmara de Santarém afirma que adquiriu o programa ColorADD para todas as escolas básicas do concelho para “sensibilizar alunos, pais e professores para o daltonismo, uma alteração congénita que limita a capacidade de distinguir as cores, doença que afecta aproximadamente 350 milhões da população mundial (8% masculina e 0,5% feminina) e que, regra geral, só é detectada cerca dos 8 anos de idade, o que pode influenciar o percurso de aprendizagem nas idades inferiores”.

Os rastreios estão a decorrer desde a semana passada e vão prolongar-se até 5 de Abril, abrangendo um total de 1.170 alunos dos vários agrupamentos do concelho, tendo o município adquirido por 3.850 euros, com o apoio da iniciativa pública Portugal Inovação Social, o código ColorADD, “um alfabeto universal da cor que permite que os portadores de daltonismo possam relacionar os símbolos e identificar facilmente todas as cores”.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS