14 utentes de lar da Póvoa de Santarém internados, 10 ficam na instituição

Catorze dos 24 utentes do lar da Póvoa de Santarém com covid-19 foram transferidos para o Hospital de Santarém por apresentarem sintomas, 10 assintomáticos permanecem na instituição e os 36 que testaram negativo foram levados para outro local.

O presidente da Câmara Municipal de Santarém, Ricardo Gonçalves, disse hoje à Lusa que os 14 utentes infectados que na terça-feira apresentaram queixas foram transportados para o Hospital Distrital de Santarém (HDS), tendo hoje sido transferidos os 36 utentes não infectados para instalações da Estação Zootécnica Nacional (EZN), no Vale de Santarém.

Os 10 utentes que testaram positivo mas estão assintomáticos permanecem no piso térreo da Casa de Repouso e Lazer Fonte Serrã, um edifício de três pisos que será desinfectado por militares da GNR, disse o autarca.

PUBLICIDADE

Ricardo Gonçalves confirmou que a médica que dá consultas no lar e que poderá estar na origem do surto trabalha igualmente no Hospital Distrital de Santarém.

A presidente do conselho de administração do HDS, Ana Infante, confirmou terça-feira este caso à Lusa, adiantando que o resultado do teste à covid-19 foi conhecido no domingo e que foram colocados em quarentena outros nove clínicos que contactaram com a médica infectada.

O presidente da Câmara de Santarém disse que os utentes levados para a EZN poderão aí pernoitar, caso não sejam concluídas hoje as operações de desinfecção do lar, tendo o município mobilizado algumas das assistentes operacionais de escolas do concelho que receberam formação específica para lhes prestarem assistência.

O autarca adiantou que os 10 infectados assintomáticos que permanecem no lar estão isolados, tendo sido solicitada à Cruz Vermelha a colocação de voluntários na instituição para colmatar a falta de funcionários.

Seis dos funcionários do lar testaram igualmente positivo, encontrando-se em isolamento profilático nas suas residências.

Além da médica, também uma enfermeira, igualmente trabalhadora no HDS e também a prestar serviço na Fonte Serrã, testou positivo.

Ricardo Gonçalves afirmou que, dada a informação de que a enfermeira presta igualmente serviço num outro lar do concelho, em Almoster, com 34 utentes e 14 funcionários, foi feito um despiste igualmente nesta instituição, tendo todos os testes dado negativo.

Portugal regista mais duas mortes relacionadas com a covid-19 e 362 novos casos confirmados de infecção nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado.

De acordo com o boletim da DGS, desde o início da pandemia até hoje, registaram-se 56.274 casos de infecção e 1.807 mortes.

Segundo o boletim diário divulgado pela Câmara de Santarém, o concelho tinha registado, até terça-feira, 242 casos de covid-19 e 12 óbitos.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS