300 profissionais de saúde, bombeiros e forças de segurança alvo de estudo serológico em Almeirim

Cerca de 300 pessoas foram alvo de um estudo serológico piloto por parte do Instituto Gulbenkian Ciência (IGC) no passado sábado, 23 de Maio, no Centro de Saúde de Almeirim.

O objectivo deste estudo piloto, desenvolvido por investigadores do IGC, é de medir os anticorpos que cada indivíduo tem, ou não, para combater a covid-19.

Segundo Pedro Ribeiro, presidente da Câmara de Almeirim, este estudo de anti-corpos a profissionais de saúde, bombeiros, forças de segurança e outros “pode vir a servir de embrião ao futuro inquérito nacional”.

PUBLICIDADE

“É nossa intenção em breve testar uma percentagem da população de forma aleatória para que os investigadores possam comparar resultados com estes testes de hoje, que são por norma gente que contacta com muitas pessoas e que assim têm maiores probabilidade de contactar com o vírus.

Nesta investigação para além do IGC, fazem parte a Escola Nacional de Saúde Pública e a Universidade de Lisboa.

O autarca destacou a articulação entre as várias entidades e aproveitou para agradecer “a quem disse que sim” ao estudo e aos investigadores que escolheram Almeirim para realizar o estudo piloto, assim como ao ACES – Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria do Tejo, à Saúde Pública, à UCSP e USF Cortes de Almeirim e em particular à UCC – Unidade de Cuidados na Comunidade responsável pelas colheitas de sangue.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS