45 alunos estrangeiros participam no Encontro Internacional da Escola Sá da Bandeira

A Escola Secundária de Sá da Bandeira (ESSB) realiza entre 9 e 12 de Janeiro, o XXI Encontro Internacional de Jovens Cientistas das Escolas Associadas da UNESCO, que tem como tema “Que oceanos queremos no futuro?”.

Participam na iniciativa catorze escolas e quarenta e cinco alunos do continente Africano, América do Norte e Sul e da Europa. Alemanha, Andorra, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América, Angola, São Tomé e Príncipe, Itália e de Portugal, onde se incluiu a Escola Secundária Sá da Bandeira e as Escolas Secundárias de Aquilino Ribeiro (Oeiras), de Aurélia de Sousa (Porto) e Dr. Bernardino Machado (Figueira da Foz).

A iniciativa iniciou com uma sessão de abertura onde foram intervenientes Fátima Claudino, representante da Comissão Nacional da UNESCO, Inês Barroso, Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Santarém, Adélia Esteves, Directora da Escola Sá da Bandeira e Natividade Gomes, co-coordenadora do projecto. Ao longo do encontro serão apresentadas vinte comunicações respeitantes a projectos desenvolvidos nas escolas sobre a temática “ Que oceanos queremos no futuro”.

Natividade Gomes, uma das coordenadoras do projecto, esclarece que a principal novidade este ano é a exposição de trabalhos sobre o tema que estão expostos no no átrio da biblioteca da escola. Segundo a docente, a elaboração destes trabalhos “sensibilizou e despertou nos alunos a preocupação sobre os nossos oceanos”.

Adélia Esteves, Directora da Escola Secundária Sá da Bandeira, acredita que é uma iniciativa de grande importância pois move “grande parte da comunidade escolar”, realçando que “para os alunos é fundamental pois convivem com outras realidades e outras escolas. Isto é uma riqueza fundamental para todos eles pela experiência que partilham”. “Neste encontro eles estão a concretizar aquilo que se pretende dos alunos à saída do ensino secundário”, conclui a directora.

O Conservatório de Música de Santarém, que também é Escola Associada da UNESCO, colabora neste evento. A organização está a cargo da Escola Secundária de Sá da Bandeira, da Comissão Nacional da UNESCO e da Associação de Pais e Encarregados de Educação da ESSB contando com o apoio da Câmara Municipal de Santarém, da União de Freguesias da Cidade de Santarém, do Crédito Agrícola e da Caixa Geral de Depósitos.

O apoio cultural e científico é prestado pela Comissão Nacional da UNESCO, pelo Grupo de Jogos Tradicionais Alfageme de Santarém e pelos jovens participantes.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS