45 novos médicos em formação recebidos no Centro Hospitalar do Médio Tejo

Os 30 novos médicos internos que irão fazer o Ano Comum até dia 31 de Dezembro, e os 15 médicos para as Especialidades foram recebidos esta sexta-feira, 3 de Janeiro, pelo presidente do Conselho de Administração, pela Directora Clínica e pelo Director do Internato Médico do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

“Estou grata porque tenho trabalhado com equipas que me ajudam a crescer. Espero que sejam muito felizes aqui”. Esta afirmação é de Ana Rita Sanches, médica especialista em Medicina Interna, que terminou a sua formação no CHMT e que deu o seu testemunho na sessão de boas-vindas aos novos internos que iniciaram esta semana o percurso no Centro Hospitalar.

Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do CHMT, destacou ser esta “uma casa muito aliciante para se trabalhar, onde existem excelentes condições para fazer excelente prática clínica”.

PUBLICIDADE

“Têm aqui condições para projectarem o vosso futuro. As Instituições também têm de ser conquistadas e, aqui, todos podemos dar um contributo leal para ganharem o vosso próprio espaço de forma a desenvolverem a vossa actividade clínica e, de igual forma, tendo a garantia de que terão as melhores condições para realizarem o vosso internato”, reforçou o presidente do Conselho de Administração, desejando “um ano magnífico para todos”.

O CHMT reforçou a sua capacidade formativa, em 2020, com destaque para a Especialidade de Pneumologia e a Especialidade de Medicina Intensiva que, pela primeira vez, recebem um interno para formação de Especialidade, o que traduz mais um passo no reforço das idoneidades formativas deste Centro Hospitalar.

Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, sublinha, ainda, o facto de “estes novos médicos terem voluntariamente escolhido fazerem o seu internato no CHMT”.

Para além dos 30 internos que vão fazer a formação geral, até 31 de Dezembro próximo, o Centro Hospitalar do Médio Tejo recebeu 15 médicos que irão iniciar a formação na Especialidade que escolheram e distribuídos da seguinte forma: Medicina Interna – 5 Internos, Cirurgia Geral – 1 Interno, Medicina Intensiva – 1 Interno; Medicina Física Reabilitação – 1 Interno, Nefrologia – 1 interno, Patologia Clínica – 1 Interno, Pediatria – 2 Internos, Pneumologia – 1 Interno e Psiquiatria – 2 Internos.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS