O município de Abrantes anunciou um novo conjunto de medidas extraordinárias de apoio às empresas e famílias no âmbito da covid-19, orçadas em 250 mil euros, ascendendo assim, no seu conjunto, a um ao milhão de euros.

Deste segundo conjunto de medidas hoje apresentado destacam-se a atribuição de refeições escolares gratuitas para todos os alunos do concelho até ao final do ano lectivo, a criação de um fundo de apoio de emergência social, assim como a isenção de taxas municipais e da factura da água para mitigar os efeitos negativos que a pandemia está a ter no comércio tradicional, restaurantes, cafés e similares.

“Ao longo das últimas semanas temos trabalhado afincadamente na elaboração deste novo conjunto de medidas, possíveis de concretizar, e que possam ajudar de forma directa famílias e empresas do nosso concelho, fazendo face à actual conjuntura pandémica, social e económica”, disse Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal de Abrantes.

PUBLICIDADE

Nas medidas de apoio a famílias destacam-se as refeições escolares gratuitas para todos os alunos das escolas do concelho de Abrantes até final do ano lectivo 2020/2021, uma medida de acesso automático e que entra em vigor a partir do dia 02 de Dezembro, assim como a criação de um fundo de apoio e emergência social, numa acção desenvolvida em parceria com as juntas de freguesia.

O fundo de emergência, que entra em vigor no dia 02 de Dezembro, disponibiliza apoio em despesas de alimentos e produtos de higiene de primeira necessidade, medicação com receita médica ou considerada urgente, transportes para tratamento de doença ou questões de saúde, quando considerado urgente e inadiável, a par de outras situações pontuais que não possam aguardar decisão de programas e apoios sociais já existentes.

Paralelamente, o autarca anunciou a “disponibilização imediata de uma linha de apoio psicológico e emocional, em resposta às crescentes necessidades”, e decorrentes da evolução da pandemia, através das linhas telefónicas 966 919 490 e 241 330 217.

Nas medidas de apoio a empresas, Manuel Jorge Valamatos anunciou a isenção de pagamento da factura da água do mês de Dezembro, cujos beneficiários são o comércio tradicional, restaurantes, cafés e similares, através da obrigatoriedade de preenchimento de requerimento a requerer a isenção a partir de 25 de Novembro e até dia 15 Dezembro.

As empresas do sector da restauração e comércio tradicional do concelho beneficiam ainda da isenção automática de pagamento de licença de esplanadas em 2021 e do pagamento da taxa de toldos.

O presidente da Câmara Municipal de Abrantes disse que este novo conjunto de medidas “representa um investimento de 250 mil euros”, o que “eleva o investimento total do município em medidas de combate aos efeitos da pandemia para o milhão de euros”, tendo assegurado o “compromisso” de “defesa” da comunidade, das empresas e das pessoas.

“Não deixaremos ninguém para trás e continuaremos, como até aqui, a analisar de forma permanente a situação para ver se podemos ir mais longe, de forma sustentada e igualitária, no apoio aos nossos munícipes”, afirmou.

Abrantes integra a listagem dos municípios em “risco muito elevado” de transmissão do novo coronavírus, com mais de 480 casos por cada 100 mil habitantes.

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Estatuto do Antigo Combatente assegura um “tardio, mas justo reconhecimento”

O parlamento aprovou, no passado dia 23, o Estatuto do Antigo Combatente,…

Empresário de Santarém é o mandatário nacional da candidatura de André Ventura às presidenciais

Rui Paulo Sousa, o empresário de Santarém de 53 anos, vai ser…