A Associação Comercial, Empresarial e Serviços dos Concelhos de Santarém, Almeirim, Alpiarça, Benavente, Cartaxo e Chamusca (ACES), sediada no Palácio Landal, no Centro Histórico de Santarém, reestruturou-se através da criação de um novo Gabinete de Apoio ao Empresário.

Esta nova secção da associação pretende ser um meio de apoio a todos os empresários, independentemente da sua estrutura laboral, através da partilha de experiências, de inovação e de colaboração entre todas as empresas da região. Defender os direitos dos sectores empresariais, promover o seu desenvolvimento e dotá-los de meios que possibilitem responder aos novos desafios que se colocam no momento presente, é outro dos objectivos desta reestruturação.

A ACES tem ainda um vasto leque de novos serviços especializados e ainda um projeto de formação Ação 100 por cento financiado a fundo perdido. Através do Quadro Comunitário de Apoio “Portugal 2020”, a ACES está a convidar os empresários da região a participarem num projeto de formação-ação, financiado a 90% pelo Fundo Social Europeu e a 10% pela Associação.

Este projecto, tão fundamental para o apoio à inovação e desenvolvimento, coloca à disposição das empresas participantes, de forma totalmente gratuita, consultores especializados para apoiar nas áreas de Gestão e Organização, Tecnologias de Informação, Marketing, Gestão de Qualidade e Estratégia Empresarial. Este programa de formação-ação divide-se em dois grandes projectos: Formação PME e Dinamizar.

PUBLICIDADE

“A Formação PME pretende contribuir para o reforço de competências dos empresários e gestores, de forma a reorganizar e melhorar as suas capacidades de gestão. Este projeto também inclui os colaboradores das empresas, aumentando a sua qualificação em domínios relevantes para a inovação, internacionalização e modernização. Este projeto promove acções de dinamização e sensibilização para a mudança e intercâmbio de boas práticas empresariais”, refere a ACES numa nota a que o Correio do Ribatejo teve acesso.

“A execução deste projecto poderá ser desenvolvida nas áreas de Organização e Gestão, Economia Digital, Gestão Estratégica, Implementação de Sistemas de Gestão, Eficiência Energética e Internacionalização. O Projeto Dinamizar pretende igualmente intervir nas empresas ao nível da consultoria e da formação para empresários e colaboradores, mediante um diagnóstico e elaboração de planos de acção adaptados às suas necessidades. Este projecto tem como ponto de partida o reconhecimento de que as principais debilidades do tecido das micro e pequenas empresas do comércio e serviços estão relacionadas com a qualificação dos seus trabalhadores e a organização das mesmas”, acrescenta a mesma nota.

“Assim, este projecto poderá actuar ao nível do desempenho dos recursos humanos, organização interna da empresa, apoio na imagem e produtos que a empresa oferece, comunicação externa da empresa junto dos potenciais clientes com recurso às tecnologias digitais, gestão financeira e contabilística, organização logística e do espaço de venda e ainda controlo de qualidade da empresa. Para este projeto o público alvo são as micro, pequenas e médias empresas até 100 trabalhadores, com actividade nos sectores do comércio e serviços”, pode ler-se.

A ACES, agora em parceria com a Multinacional Mazars, tem também ao dispor novos programas para o financiamento e crescimento do tecido empresarial, tais como a optimização de impostos, a expansão e captação de clientes, a maximização para a obtenção de financiamentos (desafios PT 2030), recuperação de capital, digitalização e expansão do negócio, redução de custos, maximização de resultados e ainda coaching empresarial. De salientar que alguns destes programas são financiados e alguns sem qualquer custo associado para o empresário.

Além da renovação, a ACES continua a prestar Apoio Jurídico aos seus associados através da obtenção de licenciamentos camarários, respostas a contra-ordenações, contratos de trabalho, entre muitos outros serviços ao dispor. Também ainda à venda livros de reclamações.

“A ACES está viva e recomenda-se, apoiando-se num ideal de comunidade e associativismo sob o slogan: Nós existimos para o ajudar!”, conclui a nota da ACES.

PUBLICIDADE
Leia também...

Mercadona cria 65 novos empregos com abertura de nova loja em Santarém

Em 2022.

Mercadona constrói maior bloco logístico da empresa em Almeirim

A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, anunciou que vai construir um…

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Moinho de Fau e Restaurante no Jardim das Portas do Sol colocados em hasta pública

A Câmara Municipal de Santarém vai realizar um hasta pública, no próximo…