AgriEmpreende potencia criação de novos negócios agroalimentares no Ribatejo

O AgriEmpreende é um projecto inovador que potencia a geração de novas ideias de negócio, a criação de novos produtos e a concretização de novas empresas da fileira agroalimentar no Ribatejo e na região Centro. Uma das primeiras acções é o 1º Concurso de Ideias de Negócio, que já foi lançado e prevê prémios monetários, entre outros, para os vencedores. O projecto tem como entidade líder o Agrocluster e como copromotor o InovCluster.

Carlos Lopes de Sousa, Presidente do AgroCluster Ribatejo, líder do projecto, realça que “esta iniciativa vai afirmar a vocação empreendedora destas duas regiões e dotá-las das condições técnicas e estruturais essenciais para promover o empreendedorismo inovador e qualificado na fileira agroalimentar”.

O projecto AgriEmpreende visa a criação e dinamização de uma estrutura técnica de apoio ao empreendedorismo que potencia a geração de ideias de negócio, a criação de novos produtos e novas empresas na fileira agroalimentar, especialmente ao nível do empreendedorismo qualificado e criativo.

Tem como objectivos gerais reforçar a competitividade das PME, a promoção do espírito empresarial (nomeadamente facilitando o apoio à exploração económica de novas ideias e incentivando a criação de novas empresas, inclusive através de viveiros de empresas), o empreendedorismo qualificado e criativo, a identificação de novas ideias de negócio a nível internacional, a criação de metodologias de Co-criação a implementar nas infraestruturas de incubação e o estímulo de novos processos de criação de negócios.

Uma das primeiras acções, que já está lançada, é o 1º Concurso de Ideias de Negócio, cujo prazo para apresentação de candidaturas decorre até ao dia 8 de Junho através do portal www.agriempreende.pt.

O concurso, direccionado a pessoas individuais com ideias de negócio nas temáticas agro-indústrias e alimentação, tem como objectivos fomentar o empreendedorismo inovador e criativo junto dos jovens qualificados, utilizar exemplos de boas práticas a nível internacional, explorar as características distintivas das regiões, apoiar novas empresas numa lógica de aceleração do negócio e apostar na geração de spin-offs nos sectores mais competitivos da região.

O Concurso desenvolve-se em 3 fases: 1) Lançamento da “Call” e recepção de candidaturas; 2) Avaliação dos Projectos; 3) Divulgação dos resultados. Os prémios a atribuir pelos vencedores dividem-se por: Pré-incubação física para desenvolvimento do projecto em sistema de co-working por um período de três meses na Startup Santarém ou no Cei – Centro de Empresas Inovadoras; Incubação física pós início de actividade em sistema de co-working reservado por um período de seis meses na Startup Santarém ou no Cei – Centro de Empresas Inovadoras;  prémios monetários para os três projectos vencedores (5000 euros para o primeiro classificado, 3000 euros para o segundo e 1000 euros para o terceiro).

Entre outras iniciativas, realce ainda para a criação do Canal INOVTV, que tem como objectivo a dinamização da informação gerada no projecto em formato “telenotícia” (tendo como base a análise de tendências inovadoras do sector agroalimentar), e a plataforma MOVUP, de divulgação de vídeos do ecossistema empreendedor, inclusive das notícias geradas no canal InovTV.

Este projecto é promovido pelo Agrocluster em parceria com o Inovcluster, financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização.

info, , , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS