Almeirim passa a dispor de Equipa Móvel de Apoio à Vítima


A Câmara de Almeirim formalizou ontem, 7 de Fevereiro, com a APAV – Associação de Apoio à Vítima, um protocolo de colaboração para a implementação, no concelho, de uma Equipa Móvel de Apoio à Vítima (EMAV).

“Com este acordo, passaremos a ter apoio presencial no concelho”, afirma Pedro Ribeiro, presidente da autarquia, acrescentando que o protocolo agora assinado se insere num mais vasto “que vai reforçar o apoio à vítima em toda a Lezíria do Tejo”.

Esta EMAV terá como objectivo a prestação de serviços, gratuitos, confidenciais e qualificados, de apoio emocional, jurídico, psicológico e prático aos cidadãos vítimas de crime e de violência, nomeadamente os mais vulneráveis.

De acordo com Observatório de Mulheres Assassinadas, em Janeiro morreram nove mulheres vitimadas por violência doméstica. Durante o ano de 2018 foram assassinadas 28 mulheres e, ainda segundo dados do Observatório da UMAR (União de Mulheres Alternativa e Respostas), “503 mulheres foram mortas em contexto de violência doméstica ou de género” entre 2004 e o final de 2018.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS