Teresa da Palma Pereira sobe ao palco do Cine Teatro de Almeirim, este domingo, 24 de Outubro,  às 16 horas, para um recital de piano a solo. 

O espectáculo, apresentado pela Academia de Música Flor da Murta, tem a lotação limitada a 200 lugares e os ingressos custam dois euros. O recital incluirá Variações “Ah vous dirai-je maman” e Sonata Kv 281 si bemol Maior de Mozart, “El Albaicin”, de Albeniz, e “Islamey”, de Balakirev.

Teresa da Palma Pereira licenciou-se na Escola Superior de Música de Lisboa, sob a orientação de Tania Achot, com a classificação final de 19 valores. Estudou também com Artur Pizarro, Grigory Gruzman, Filipe Pinto-Ribeiro, Jan Michiels e Claudio Martinez Mehner. Participou em masterclasses com pianistas como Helena Sá e Costa, Sequeira Costa, Paul Badura-Skoda e Dimitri Baskhirov, entre outros.

PUBLICIDADE

Depois de ter concluído o Mestrado em Performance Musical na Escola das Artes da Universidade Católica do Porto, com a classificação de 20 valores na Prova de Concerto, frequentou e concluiu uma pós-graduação no Koninklijk Conservatorium de Bruxelas, com elevada distinção.

Concluiu em 2015 o doutoramento em Ciência e Tecnologia das Artes, vertente Piano, na Escola das Artes da Universidade Católica do Porto com distinção e louvor com uma tese sobre Schumann, publicada pela Aletheia com prefácio do musicólogo Mário Vieira de Carvalho com o título “Carnaval de Schumann, obra de Génio e Loucura”.

Foi laureada com vários prémios nacionais e internacionais, incluindo o 1º Prémio no Concurso Internacional Maria Campina, 1º Prémio do Concurso Internacional para solista da Orquestra de Câmara de Bruxelas, do Conservatório Real de Bruxelas, o 2º Prémio do II Concurso Nacional para Jovens Pianistas (Prémio Adriano Jordão) e o 2º Prémio e Menção Especial do Júri do Concours International de Piano Altesse Royal Princesse Lalla Meryem, em Marrocos, presidido pelo pianista Dominique Merlet.

Tem realizado, como solista, vários recitais em Portugal, designadamente no Centro Cultural de Cascais; no Centro Cultural Olga Cadaval (Sintra), como artista convidada para a celebração do 111º aniversário do nascimento da Marquesa do Cadaval; no Teatro São Luís; na Fundação Engenheiro António Almeida, na Casa do Médico e na Faculdade de Engenharia (Porto); no Teatro Circo (Braga), no Teatro Tempo (Portimão), na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa, no Concerto Comemorativo da Abertura do Ano Letivo de 2007/2008; no Centro Cultural de Belém, nos “Dias da Música” de 2012 e no Grande Auditório com a Orquestra sinfónica portuguesa; na comemoração de “Guimarães 2012, Capital da Cultura”; no Festival de Sintra, em 2014; no Teatro Micaelense (Açores), em 2016 e nos Festivais de Mafra e Oeiras, entre 2016 e 2021.

Tem também tocado com algumas das mais importantes orquestras portuguesas,  Orquestra Clássica de Espinho, a Orquestra do Algarve, a Orquestra Clássica da Madeira, a Orquestra Sinfónica Juvenil, a Orquestra do Norte e a Orquestra Sinfónica Portuguesa Foi dirigida por Maestros como Ivo Cruz, Ferreira Lobo, Pedro Neves, Cristopher Bochmann e Rui Massena.

Tem atuado, igualmente, em países como França, Itália, Bélgica, Holanda, Hungria, Suécia, Brasil e China(Macau).Foi Assistente na Escola das Artes no Mestrado em Performance Musical, nas Disciplinas de Piano e Música de Câmara, foi Professora de Piano na Academia de Amadores de Música.

Criou, em 2014, um ciclo de recitais comentados, gravados pela Antena 2,
chamado “ Comunicar com Música “,na Fundação Portuguesa das Comunicações e,
em 2016, os ciclos “Clássicos para Todos”, no Palácio dos Aciprestes, e
“Clássicos na Livraria”, na LxFactory.

Tem quatro CDs editados: um CD a solo, “A Valsa Transfigurada”, com obras
de F. Schubert e R.Schumann; um CD gravado com a Orquestra do Norte, sob a
direção do maestro José Ferreira-Lobo, com o Concerto n.º 1 de Brahms; um
CD a solo, “Encontro”, com obras de Mozart e Schumann e um Cd, Identidade,
com obras de Debussy, Prokofiev e Liszt.

É diretora artística desde 2018 do Festival Internacional de Piano de
Oeiras e faz parte da Direção da Academia de Música Flor da Murta.

PUBLICIDADE
Leia também...

A herdade no Alviela e o pergaminho que ia para o lixo

Pergaminho do século XII salvo do lixo em Vale de Figueira.

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Feira Nacional da Agricultura realiza-se entre 9 e 13 de Junho em Santarém

A Feira Nacional da Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA) vai realizar-se entre 9…

Gilberto Gil dá concerto com Adriana Calcanhotto em Santarém

A 7 de Novembro.