A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém oferece um conjunto de acções de formação, sem qualquer custo para as entidades empregadoras, nem para os participantes, uma vez que são financiadas.

Destaque para o Programa Emprego+Digital, projecto realizado no âmbito do Plano de Ação para a Transição Digital, no âmbito do acordo de cooperação entre IEFP, IP e NERSANT. O objectivo principal do programa é o desenvolvimento de acções para incrementar a formação profissional dos activos na área digital.

Destina-se a activos empregados, preferencialmente nas empresas associadas da NERSANT, sobretudo com qualificações de níveis 2 e 4 do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ), ou seja, qualificações iguais ou superiores ao 4.º ano de escolaridade para formações modulares integradas em percursos de nível 2, e igual ou superior ao 9.º ano de escolaridade para formações modulares integradas em percursos de nível 4.

PUBLICIDADE

Sendo a formação 100% financiada, oferece ainda certificado de qualificações (desde que com aproveitamento e mínimo 90% assiduidade); e subsídio de alimentação: 4,77 €/dia, nos dias em que o período de formação frequentada seja igual ou superior a três horas, desde que a formação decorra fora do período normal de trabalho .Próximas acções de formação disponíveis: 8 de Novembro – Folha de cálculo; 9 de Novembro – Estratégias de e-marketing; 22 de Novembro – Marketing digital; 25 de Novembro – Folha de cálculo – funcionalidades avançadas

O programa de Formação Modular para Empregados e Desempregados visa potenciar a empregabilidade da população activa, nomeadamente dos empregados e desempregados, com especial enfoque nos que se encontram em risco de desemprego, através do aumento da sua adaptabilidade por via do desenvolvimento das competências requeridas no mercado de trabalho.

Destina-se a activos empregados e a desempregados inscritos no Serviço de Emprego há menos de um ano, detentores de habilitações iguais ou superiores ao ensino secundário, que se encontrem mais próximos do reingresso no mercado de trabalho.

As acções não terão qualquer custo para os participantes uma vez que são financiadas pelo Fundo Social Europeu e Estado Português. Nos dias em que o período de formação frequentada seja igual ou superior a três horas, será pago o subsídio de alimentação no valor de 4,77 €/dia, desde que a formação decorra fora do período normal de trabalho. Próximas acções previstas: 30 de Novembro – Poupança e suas aplicações; 29 de Novembro – Gestão de conflitos; 17 de Novembro – Perfil e potencial do empreendedor – diagnóstico/ desenvolvimento; 15 de Novembro – Comunicação interpessoal – comunicação assertiva; 25 de Outubro – Crédito e endividamento.

Confira as acções disponíveis e o link para inscrição em:  https://www.nersant.pt/academia/formacao-financiada

PUBLICIDADE
Leia também...

Mercadona cria 65 novos empregos com abertura de nova loja em Santarém

Em 2022.

Mercadona constrói maior bloco logístico da empresa em Almeirim

A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, anunciou que vai construir um…

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Moinho de Fau e Restaurante no Jardim das Portas do Sol colocados em hasta pública

A Câmara Municipal de Santarém vai realizar um hasta pública, no próximo…