A Associação do Cavalo de Raça Luso-Árabe (ACRLA) propôs ao Município de Coruche um conjunto de iniciativas para nomear a Vila como a Capital Internacional do Cavalo Luso-Árabe, já na próxima edição da Feira Internacional da Cortiça (FICOR) 2021. A iniciativa surgiu de uma reunião entre a autarquia e os representantes da ACRLA realizada na passada semana.

Na próxima FICOR, a ACRLA quer realizar o dia do Cavalo Luso-Árabe, primeiro Concurso Morfológico Internacional do Cavalo Luso-Árabe, exposição de éguas afilhadas, baptismo equestre com crianças, passeios de charrete pelas ruas da Vila de Coruche, entre outras iniciativas.

A ACRLA comprometeu-se com o Município de Coruche a desenvolver durante o ano de 2021 e seguintes, um projeto ambicioso que visa tornar Coruche a Capital Internacional do Cavalo Luso-Árabe, enquadrando um numero de actividades equestres, desportivas e culturais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

“Inspiro-me muito nas minhas vivências e nas raízes em Alpiarça“

Joana Almeirante é natural do concelho de Santa Maria da Feira, mas…

VÍDEO | Celestino Graça nasceu há 107 anos!

Cumprem-se neste sábado, dia 9 de Janeiro, cento e sete anos sobre…

Casa de Humberto Delgado em Torres Novas vai ser recuperada

A Casa Memorial Humberto Delgado, no concelho de Torres Novas, vai ser…