A Câmara Municipal de Tomar decidiu desactivar o o Posto de Comando Municipal da Proteção Civil, devido à situação epidemiológica controlada, apesar do concelho ainda registar algumas infecções por SARS-COV-2.

Segundo os dados da autarquia, a situação epidemiológica está controlada o que permitiu tomar a decisão de encerrar o posto que agregava várias entidades, nomeadamente a Câmara Municipal de Tomar e respectiva Proteção Civil, a Autoridade de Saúde Local, a PSP, a GNR, a Segurança Social e o Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Apesar desta desactivação, as entidades competentes continuarão a prestar acompanhamento e apoio directo, nas suas áreas de actuação, assim como as acções de sensibilização a fiscalização e também os trabalhos de descontaminação de espaços e apoio à vacinação.

Nas últimas duas semanas registaram-se 11 novos casos positivos à Covid-19, no concelho de Tomar. O boletim enviado pela USPMT – Unidade de Saúde Pública do ACES Médio, indica que em Tomar recuperaram 2419 pessoas dos 2488 casos de infecção pelo vírus SARS-CoV-2 registados desde Março de 2020.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Só Coruche e Sardoal escapam ao recolher obrigatório às 13h00 no fim-de-semana

Os concelhos de Coruche e Sardoal são os únicos, no Distrito de…

Hospital de Santarém no limite da capacidade de internamento de doentes covid

O Hospital Distrital de Santarém atingiu o limite da sua capacidade prevista…

Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria

O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para…

Tratamento do cancro da mama no HDS novamente reconhecido a nível internacional

A Unidade de Senologia do Hospital Distrital de Santarém (HDS) viu renovada…