Benfica e Sporting disputam Supertaça de Futsal em Torres Novas

A Supertaça de Futsal Placard entre SL Benfica e Sporting CP realiza-se esta sexta-feira, 30 de Agosto, pelas 20h45, no Palácio dos Desportos, em Torres Novas.

O treinador do Benfica, Joel Rocha, e o treinador-adjunto do Sporting, Paulo Luís, já fizeram a antevisão do primeiro jogo oficial da temporada.

Joel Rocha diz que “não há no mundo” do futsal duelo como o Benfica-Sporting

O treinador Joel Rocha considerou que Benfica e Sporting, que na sexta-feira disputam a Supertaça de futsal em Torres Novas, protagonizam o dérbi mais entusiasmante do mundo nesta modalidade.

“Que não haja dúvidas: ao nível de hoje, é o melhor jogo de futsal do mundo. Vejam a qualidade das equipas, das individualidades, os internacionais, as conquistas nacionais e internacionais. O melhor jogo do mundo. Um privilégio e honra disputá-lo. Acima de tudo, ambição muito grande para conquistar este troféu”, resumiu o responsável ‘encarnado’.

O técnico campeão, que falava na antevisão do primeiro duelo da época, às 20:45, assume que os “detalhes” podem decidir o troféu, que os seus pupilos “preparam há 30 dias” e estão em modo de “ambição” há bem mais tempo.

“Vamos fazer para que esse querer, a preparação e a ambição se traduzem em qualidade, foco, concentração, superação… E depois, nos momentos em que tivermos oportunidade, sermos eficazes e tudo fazer para manter a baliza o maior número minutos possível a zeros. Será mais um jogo equilibrado, muito competitivo”, assegura.

Joel Rocha escusou-se a esmiuçar os detalhes que considera poderem vir a fazer a diferença, referindo, ainda assim, “a inspiração do momento ou um pormenor que muitas vezes nem foi treinado ou trabalhado, mas acontece num momento de boa decisão”.

“Para isso, é preciso estarmos em consciência todo o jogo. Foco e concentração são decisivos. Detalhe é muitas vezes o factor de concentração e competitividade, nunca tirar os olhos da bola. Do primeiro ao último apito, deixarmos tudo o que temos e não temos em cada lance do jogo. Bola parada, ataque, defensivo…”, explicou.

O técnico destacou o “grande conhecimento mútuo” entre Benfica e Sporting e o facto de os planteis “terem sofrido poucas alterações”

Bruno Coelho também enfatizou a grandeza deste embate que, assegura, em termos “emocionais e de competitividade” não há igual no planeta.

Desvalorizou os factores externos ao jogo, defendendo que “quem errar menos, estiver mais focado e concentrado, vai estar por cima e tirar dividendos”.

“A cooperação, entreajuda e a garra deste grupo, demonstradas ao longo das duas últimas épocas (são fundamentais). Não viramos a cara à luta. Identidade, garra, união e força desta equipa. Temos estratégia, claro, as nossas individualidades que podem sobressair, mas sem dúvida alguma que será a superação (a decidir)”, concluiu.

Sporting está “preparado” para vencer Benfica na Supertaça de futsal

O treinador-adjunto de futsal do Sporting, Paulo Luís, diz que é difícil haver “surpresas” nos embates com o Benfica, contudo acredita que na sexta-feira os ‘leões’ estão capacitados para vencer o rival na Supertaça.

“A quantidade de jogos disputados por época faz com que o conhecimento mútuo seja muito grande, difícil surpreender, mas trabalhamos diariamente para encontrar soluções, fazer a diferença. Há sempre algo que podemos explorar, sabendo que do outro lado está adversário de qualidade. Sabemos do nosso valor e acreditamos muito nele”, vincou.

O técnico, que falava na antevisão da Supertaça, às 20:45 de sexta-feira, em Torres Vedras, assume que os ‘verde e brancos’ estão na “melhor condição” e “completamente preparados para o desafio e troféu em disputa”.

“Somos uma equipa que sofre muitos poucos golos. Uma das nossas características é não sofrer, porém, isso também nos obriga a querer marcar. Nunca estamos satisfeitos a vencer por um ou por dois, queremos ganhar por mais. Somos uma formação atrevida, faz parte do nosso ADN, até no treino”, sublinhou.

Paulo Luís concorda com o treinador do Benfica, Joel Rocha, que fala do embate mais emblemático do universo internacional do futsal, entendendo que vão estar em campo “duas das melhores equipas do mundo”, com um grande historial de equilíbrio.

Manifestou ainda o desejo de que o treinador Nuno Dias, ausente devido a uma cirurgia, regresse rapidamente ao banco.

O jogador Merlim sublinhou o lado “competitivo” do Sporting e elogiou o seu actual momento de forma, depois de ter realizado “bons jogos, de alto nível”.

“É um jogo competitivo, com certeza vai ser decidido nos detalhes. É preciso termos máxima concentração ao longo dos 40 minutos. Este é o tipo de desafio que os atletas gostam de jogar. Alto nível. Não é todas as semanas que temos um troféu para ganhar. É agora que os jogadores têm de aparecer”, concluiu.

Receita solidária

A competição terá um cariz social com a receita do jogo a reverter para instituições de responsabilidade social, segundo comunicou a Federação Portuguesa de Futebol. Os bilhetes, que já se encontram esgotados, têm um valor facial de 2,5 euros e a receita de bilheteira do jogo reverterá para Entidades de Apoio Social a indicar pela Câmara Municipal de Torres Novas.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS