O Bispo de Santarém considera que a Quaresma é uma “nova oportunidade de purificação, crescimento espiritual e aperfeiçoamento” da identidade cristã.

Na mensagem da Quaresma de 2022, D. José Traquina realça que a “escuta da Palavra, oração, jejum e esmola são os propósitos habituais” deste tempo, por isso o prelado sublinha que é fundamental cuidar disso, “não como um exercício de obrigação, mas como uma condição de êxito e de vitória”.

Todo o atleta para superar-se e conseguir vitórias na sua modalidade, faz exercícios físicos, assim, os cristãos, são convidados “a promover os exercícios que possibilitam as sementes do Evangelho, semeadas em nosso coração, produzirem frutos abundantes de caridade e de vida com alegria”, lê-se na mensagem enviada à Agência ECCLESIA.

Tendo em conta o programa pastoral da Diocese de Santarém, os cristãos são “chamados a anunciar o Evangelho com as famílias e os jovens”.

Neste sentido, D. José Traquina sugere que em família “se promova a revisão de vida, avalie a presença do amor de Deus no ambiente familiar, reveja o relacionamento, a generosidade, a gratidão, o gosto de estar juntos, a capacidade de perdoar e a humildade para pedir desculpa”.

Este ano, a renúncia quaresmal da Diocese de Santarém vai reverter “para apoio da Diocese de São Tomé e Príncipe”, conforme o pedido feito pelo bispo daquela diocese, D. Manuel António dos Santos.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.